Petrobras Fome Zero abrangerá cinco linhas de atuação interligadas

O presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, anunciou no dia 1o.setembro, em Brasília, o Programa Petrobras Fome Zero. Em cerimônia no Palácio do Planalto, Dutra apresenta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva as linhas gerais do programa

  
  

O presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, anunciou no dia 1o.setembro, em Brasília, o Programa Petrobras Fome Zero. Em cerimônia no Palácio do Planalto, Dutra apresenta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva as linhas gerais do programa, que investirá R$ 303 milhões e beneficiará 4 milhões de brasileiros até 2006.

As ações do Programa Petrobras Fome Zero seguem a linha articulada pelo Governo Federal para combater a exclusão social, garantindo o acesso à alimentação adequada, educação, qualificação profissional e geração de emprego e renda.

O programa consolida a nova visão de responsabilidade social da Companhia, `Desenvolvimento com Cidadania`, e será ancorado em uma rede de parcerias envolvendo ministérios, governos estaduais e municipais, autarquias, empresas públicas e privadas, entidades sindicais e diversos setores organizados da sociedade civil.

Ao mesmo tempo em que, em Brasília, o presidente da Petrobras anunciará as linhas do programa, em Upanema, a 200 quilômetros de Natal (RN), será acionada a primeira bomba de água fornecida pelos poços perfurados pela Companhia. Centenas de poços onde a Petrobras não encontrou petróleo, mas achou água, serão disponibilizados às comunidades para uso humano, agrícola e animal no Semi-Árido.

No assentamento rural de Palheiros III, em Upanema, o poço será utilizado pela comunidade de 700 pessoas, que mantêm roças de cultivo de subsistência. As melhorias no assentamento foram planejadas de acordo com o projeto de geração de renda Molhar a Terra, que até 2006 deverá atender a cerca de 27 mil pessoas, com investimentos de R$ 10 milhões na recuperação de 200 poços.

O Molhar a Terra tem como meta viabilizar a utilização de água em 50 comunidades ainda este ano. Entre os produtos indicados para cultivo está a mamona, cujas duas primeiras safras serão totalmente adquiridas pela Petrobras para o processamento de biodiesel.

Os projetos do Petrobras Fome Zero estão classificados em cinco linhas de atuação, interligadas:

- educação, qualificação profissional e emprego de jovens e adultos;

- geração de emprego e renda;

- garantia de direitos da criança e do adolescente;

- empreendimentos sociais;

- voluntariado.

No campo da qualificação profissional, destaca-se o Projeto Mova-Brasil, que capacitará 1.600 educadores para alfabetizar 40 mil jovens e adultos, até 2006. Outro projeto em andamento implantará, até 2005, 23 postos-escola, oferecendo 6.800 vagas para treinamento profissional de frentistas, promotores de venda e técnicos de lubrificação.

O Projeto Agricultura Familiar integra as ações voltadas para a geração de emprego e renda. Será lançado em setembro, na cidade de Cavalcante (GO), onde a comunidade quilombola necessita de auxílio para o escoamento da produção de arroz. O projeto atenderá 10 mil pessoas até 2006.

Nas cidades, o projeto Agricultura Urbana permitirá o aproveitamento das áreas próximas às faixas de dutos da Companhia para a criação de hortas e viveiros de mudas comunitários. Está prevista a criação de 400 hortas até 2006, atendendo a cerca de 800 mil pessoas com alimentos e geração de renda.

Na linha de ação voltada à garantia dos direitos da criança e do adolescente, destaca-se o projeto Siga Bem Criança, um novo quadro do programa Siga Bem, Caminhoneiro, veiculado pelo SBT. O objetivo é envolver os motoristas de caminhão no combate à prostituição e ao trabalho infantil, convidando-os a denunciar os abusos contra crianças.

O Cartão Fidelidade BR será um dos instrumentos do Programa Fome Zero Petrobras para estimular a participação do público consumidor dos produtos da Companhia. Ao comprar nos postos BR, os clientes acumularão pontos, que poderão ser trocados por produtos originários dos projetos sociais do Fome Zero ou convertidos em doações para o programa.

A Rede Petrobras de Responsabilidade Social pretende envolver clientes e fornecedores nas mais variadas ações, convidando-os a patrocinar projetos selecionados pelo Programa Petrobras Fome Zero.

Também os empregados da companhia estão envolvidos no Programa. O Voluntariado Petrobras, cuja largada já foi dada, está voltado para o combate à pobreza e à miséria, visando a inserção social das comunidades em que atua, com ações que estimulam a interação e reforçam os valores de solidariedade e responsabilidade social.

Fonte: AssCom .Petrobras

  
  

Publicado por em