Plásticos de garrafa Pet pode substituir brita no concreto

Um estudo da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostra que o mesmo plástico usado na fabricação de garrafas Pet, normalmente empregadas para embalar refrigerante, pode servir para substituir a brita - pedra misturada a are

  
  

Um estudo da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostra que o mesmo plástico usado na fabricação de garrafas Pet, normalmente empregadas para embalar refrigerante, pode servir para substituir a brita - pedra misturada a areia para a fabricação do concreto.

A universidade já tem, inclusive, o apoio de uma fábrica de blocos já que o material apresenta alto índice de resistência e, ao contrário da brita, é mais leve. Os pesquisadores tentam agora convencer o poder público e os fabricantes das garrafas plásticas a apostarem na idéia.

Segundo a coordenadora do projeto Ana Catarina Evangelista, professora da Politécnica, o ideal seria que o governo e as empresas que geram o lixo plástico, como as fabricas de refrigerantes, por exemplo, subsidiassem a produção dos blocos.

Estes rejeitos alternativos também poderiam ser aproveitado na construção de habitações populares, uma vez que atende as normas técnicas e de qualidade.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em

CLAUDEMIR PIRES

CLAUDEMIR PIRES

16/05/2009 21:27:43
Acho ótimo, seria mais uma otima forma de reutizar esse produto que é um grande poluidor na atualidade.