Praia do Tombo no Guarujá busca certificação ambiental

A ONG Caá-Oby, que atua na Baixada Santista através de programas que visam a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente, promoveu no dia 16 de dezembro, às 11h30, em sua sede (Avenida Pedro Lessa, 1.446, cj. 22, Aparecida, Santo

  
  

A ONG Caá-Oby, que atua na Baixada Santista através de programas que visam a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente, promoveu no dia 16 de dezembro, às 11h30, em sua sede (Avenida Pedro Lessa, 1.446, cj. 22, Aparecida, Santos), o lançamento do Programa “Bandeira Azul” no Estado de São Paulo, especificamente para a Praia do Tombo, no Guarujá.

Na ocasião, foi assinado um convênio com o Instituto Ambiental Ratones (IAR), de Santa Catarina, que representa a ONG européia Foundation for Environmental Education (FEE) no Brasil.

O Programa de Certificação Ambiental “Bandeira Azul”, criado há mais de 20 anos pela FEE, tem o objetivo de elevar o grau de conscientização dos cidadãos em geral e dos tomadores de decisão em particular, para a necessidade de proteção dos ambientes marinho e costeiro.

O intuito é incentivar a realização de ações que conduzam a um convívio harmonioso entre os diferentes usuários de praias, preservando a qualidade ambiental de praias.

A Praia do Tombo foi escolhida após várias etapas de um extenso processo de seleção e classificação, que incluiu o diagnóstico completo de suas potencialidades e problemas, assim como a visitação e apreciação de membros que participaram de um júri nacional e de um júri internacional.

A partir da classificação foi elaborado um projeto, coordenado pela Caá-Oby e que contará com o apoio do Instituto Ratones, da Unesp, da Agência Costeira e da Prefeitura do Guarujá, no intuito de garantir, ao final de 2007, a certificação final do Tombo.

Para o sucesso do Programa “Bandeira Azul” é fundamental a participação da sociedade local, que será integrada de modo bastante simples e prazeroso à programação anual de atividades previstas.

O Programa “Bandeira Azul” é uma ferramenta para a conservação e melhoria de praias, servindo para educar e conscientizar as pessoas acerca da necessidade de se manter e cuidar dos recursos naturais. Até agora, existem cerca de 3,2 mil praias e marinas em 38 países, certificadas com o “Bandeira Azul”, o que é um sinônimo de qualidade ambiental.

Para que a Praia do Tombo receba em definitivo o certificado serão necessárias intervenções locais que vão desde a implementação de sinalizações de segurança e uso, até melhorias de infra-estrutura, como a colocação de acessos para portadores de necessidades especiais, além da realização periódica de campanhas de educação ambiental.

Fonte: Sempre Comunicação

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em

Luciano Camargo

Luciano Camargo

27/07/2010 13:31:12
Gosto muito da praia do Tombo, mas acho que a praia da Enseada tem mais condições por tem uma areia limpa e uma infraestrutura bem organizada como banheiros e bares na areia com água e energia, portanto mais higiene ao produtos comercializados.

José carlos saliba

José carlos saliba

15/05/2010 16:30:47
Pois é, tudo muito bonito....Mas até hoje (05/2010), apesar do repasse de R$ 410 mil feito pelo Ministério do Turismo, em 06/08/2008 http://www.turismo.gov.br/turismo/noticias/todas_noticias/20080206.html, para consecução das obras necessárias, nenhuma obra foi iniciada!
"Parabéns"!!!!