Prédio histórico abriga novo Centro de Proteção de Primatas na Paraíba

Já está funcionando, no Centro Histórico de João Pessoa, a área especializada do Ibama para promoção, monitoramento e execução de ações de conservação de primatas: o Centro de Proteção de Primatas Brasileiros. O novo centro recebeu autorização do Patri

  
  

Já está funcionando, no Centro Histórico de João Pessoa, a área especializada do Ibama para promoção, monitoramento e execução de ações de conservação de primatas: o Centro de Proteção de Primatas Brasileiros.

O novo centro recebeu autorização do Patrimônio Histórico para ocupar o imóvel ainda no ano passado e promoveu toda a obra de recuperação do prédio em sintonia com as orientações dos técnicos para que não houvesse descaracterização arquitetônica cultural do local.

O Centro de Primatas foi criado em 2001 e tem como objetivo oferecer um conjunto ordenado de informações e ferramentas qualificadas e atualizadas que possam embasar o Ibama na formulação de políticas públicas relacionadas à conservação de primatas.

Segundo o biólogo Marcelo Marcelino de Oliveira, chefe do órgão, o Centro de Proteção de Primatas Brasileiros tem sua atuação planejada e crescente, tendo em vista o Brasil possuir mais de 102 espécies reconhecidas, o que eleva o país ao maior detentor da biodiversidade de primatas, com cerca de um terço das espécies do mundo.

Atualmente, o órgão conta com 15 técnicos instalados nos três andares do prédio que abriga um mini-auditório, salão de exposição permanente, setores de Biologia, Medicina, Comunicação e Marketing, áreas de Administração e Finanças, Transportes e Almoxarifado. Além disso, o centro possui modernos equipamentos de informática.

O centro se prepara, ainda, para instalar uma Biblioteca Primatológica e um laboratório avançado de pesquisa. Atuação do centroDentre as atribuições, o centro coordena e executa as ações de manejo de populações selvagens de primatas; promove a manutenção de informação técnico-científica sobre os animais em vida livre; e disponibiliza um amplo arquivo primatológico.

O centro também atende a demandas de informações qualificadas sobre a fauna primatológica brasileira; licencia o acesso a esses animais para investigação científica, bem como a sua coleta, captura e transporte; recomenda, acompanha e avalia com pareceres técnicos as pesquisas nas Unidades de Conservação; e representa tecnicamente o Ibama em comitês nacionais e internacionais.

Fonte: Ibama

  
  

Publicado por em