Prêmio Esso comemora o seu ciquentenário

Os jornalistas de mídia impressa que se dispuserem a incluir seu nome na galeria dos vencedores do Prêmio Esso 2005 - 50 anos têm até o dia 30 de setembro para inscrever seus trabalhos e se credenciar a receber, além das distinções previstas para este ano

  
  

Os jornalistas de mídia impressa que se dispuserem a incluir seu nome na galeria dos vencedores do Prêmio Esso 2005 - 50 anos têm até o dia 30 de setembro para inscrever seus trabalhos e se credenciar a receber, além das distinções previstas para este ano, as homenagens que serão prestadas a todos os agraciados na história do Programa.

As providências para a organização do cinqüentenário do Prêmio Esso já estão em andamento com o objetivo de destacar a data e as contribuições prestadas ao Jornalismo brasileiro por um programa institucional cuja história se confunde com a própria historia da Imprensa brasileira, desde a sua criação há meio século.

As inscrições ao Prêmio Esso de Jornalismo 2005 - 50 anos estão abertas para trabalhos publicados em jornais e revistas no período entre 1º de outubro de 2004 e 30 de setembro deste ano.

Todavia, os concorrentes ao Prêmio Esso Especial de Telejornalismo 2005 devem apresentar trabalhos veiculados entre 1º de outubro de 2004 e 30 de agosto de 2005, já que esta é a data final para as inscrições das matérias de TV.

Nada menos que 13 categorias estarão em disputa, além do Prêmio Esso Especial de Telejornalismo e do prêmio principal que leva o nome do programa.

Um total de R$ 115 mil, já descontado o imposto de renda, está sendo destinado à premiação dos vencedores. O prêmio principal será distinguido com R$ 30 mil e o Prêmio Esso Especial de Telejornalismo, em sua quinta edição, destinará R$ 20 mil à equipe vencedora.

São as seguintes as categorias da mídia impressa com seus respectivos valores de premiação: Reportagem (R$ 10 mil), Fotografia (R$ 10 mil), Informação Econômica (R$ 5 mil), Informação Científica-Tecnológica-Ecológica (R$ 5 mil), Primeira Página (R$ 5 mil), Criação Gráfica-Jornal (R$ 5 mil), Criação Gráfica-Revista (R$ 5 mil), Interior (R$ 5 mil), além de cinco Prêmios Regionais, no valor de R$ 3 mil cada.

JORNALISMO:

Para concorrer ao Prêmio Esso de Jornalismo (mídia impressa) o candidato deve remeter para o endereço constante deste comunicado 6 (seis) recortes ou reproduções do trabalho, em que estejam visíveis o nome do veículo e a data no qual foi publicado.

Para trabalhos publicados em jornais de formato standard, uma das 6 (seis) cópias deverá ser obrigatoriamente reduzida ao tamanho de uma folha A-3.

No caso de fotos, além das 6 (seis) cópias em papel fotográfico, tamanho aproximado de 18cm x 24cm, o material deverá ser acompanhado de reproduções das páginas onde as fotos foram publicadas. Também nesse caso, o nome do veículo e a data da publicação deverão estar visíveis.

Todos os trabalhos concorrentes aos prêmios destinados à mídia impressa serão inicialmente apreciados por uma Comissão de Seleção composta por profissionais seniores de alguns dos principais veículos de comunicação brasileiros.

À Comissão de Seleção cabe indicar três trabalhos finalistas para cada categoria, escolhas que serão submetidas, posteriormente, a uma Comissão de Premiação, encarregada de apontar o vencedor em cada uma delas, além do prêmio principal que leva o nome do Programa.

Como nos últimos anos, a exceção fica por conta do Prêmio Esso de Fotografia, que terá cinco trabalhos indicados pela Comissão de Seleção, para escolha final do vencedor por uma Comissão Especial, composta por 45 especialistas, em sua maioria editores de fotografia.

TELEJORNALISMO:

Uma das inovações deste ano é a que permite que qualquer emissora de televisão, integrante ou não de uma rede, mas que possua departamento, núcleo ou estrutura de jornalismo, possa inscrever 1 (um) trabalho individualmente no Prêmio Esso Especial de Telejornalismo. Já as redes continuarão a poder inscrever, por suas direções de jornalismo, um máximo de até 5 (cinco) trabalhos cada.

Outra novidade referente ao Telejornalismo é a instituição da etapa de Pré-Seleção nas tarefas de exame dos trabalhos inscritos. Só após ultrapassada essa etapa, os trabalhos serão submetidos à Comissão de Seleção que tem a dupla tarefa de indicar tanto os finalistas como o vencedor do Prêmio Esso Especial de Telejornalismo 2005.

O Diretor de Assuntos Externos da Esso, Eduardo Lopes, afirmou que o Prêmio Esso Especial de Telejornalismo, ao promover algumas mudanças em sua quinta edição consecutiva, tem como finalidade aprimorar o processo de inscrições e julgamento: `Continuamos trabalhando com o objetivo maior de transferir para o Prêmio Esso Especial de Telejornalismo o mesmo grau de respeitabilidade e confiança que os profissionais da mídia impressa atribuem ao Prêmio Esso de Jornalismo. Temos tido a preocupação de estimular a participação de emissoras e de profissionais do telejornalismo no envio de sugestões que impliquem aperfeiçoamentos no Programa.

Para isso, fizemos realizar um workshop no mês de maio passado, do qual surgiram valiosas opiniões, algumas das quais já foram incorporadas ao Regulamento deste ano e outras o serão oportunamente. Uma das mais importantes, é a que estabelece que os trabalhos de telejornalismo serão avaliados em três etapas de julgamento, permitindo com isso que tenham maiores oportunidades de serem examinados.`

Pelo Regulamento do Prêmio Esso Especial de Telejornalismo, só serão admitidas inscrições de reportagens produzidas por profissionais a serviço de emissoras que disponham de estrutura de Jornalismo. Não serão aceitos trabalhos de cinegrafistas amadores, ainda que de repercussão, nem de reportagens que não tenham sido exibidas como produto exclusivamente jornalístico.

INSCRIÇÕES:

Para inscrição no Prêmio Esso Especial de Telejornalismo, as emissoras de televisão e as redes enviarão para o endereço abaixo os trabalhos concorrentes reproduzidos em fitas VHS, num total de 6 cópias para cada trabalho, devidamente identificadas por etiquetas onde constem o(s) nome(s) do(s) autor(es), o nome da emissora/rede, o título da reportagem, o nome do programa e a data da primeira exibição, o responsável pela inscrição e o tempo de duração da fita.

Está sendo solicitado também que o material inscrito para concorrer ao Prêmio Esso Especial de Telejornalismo seja acompanhado de um memorial descritivo que sumarize o conteúdo e a importância da matéria.

CRIAÇÃO GRÁFICA:

A inscrição de trabalhos de Criação Gráfica e Primeira Página devem ser feitas através do envio das páginas originais dos jornais e revistas, admitindo-se, no mínimo, 1 (um) original e 5 (cópias), mantendo-se visíveis, em todos os casos, o nome do veículo e a data da publicação. O objetivo é permitir que os julgadores disponham de pelo menos um original que permita avaliar o trabalho exatamente como os leitores o viram, com todas as características da impressão normal, e não através de reprints ou cópias tratadas, em papel fotográfico ou em outro tipo especial de papel.

Nas inscrições para Criação Gráfica, não serão considerados conjuntos diversificados de trabalhos a título de projetos gráficos. As Comissões julgarão apenas o trabalho isolado ou seqüência de páginas publicadas numa mesma edição ou em série de edições, que digam respeito a um mesmo tema.

ENVIO DE TRABALHOS:

Os resultados finais do Prêmio Esso de Jornalismo 2005 e do Prêmio Esso Especial de Telejornalismo serão anunciados durante festa de premiação a ser realizada em dezembro próximo. As comissões de julgamento serão formadas por jornalistas no exercício da profissão em veículos brasileiros ou profissionais de reconhecida aptidão ligados à área de comunicação.

ATENÇÃO PARA O ENDEREÇO DAS INSCRIÇÕES

PRÊMIO ESSO DE JORNALISMO
A/C RP Consultoria
Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 928 - Cj. 1001 - Copacabana
Rio de Janeiro - RJ - CEP 22060-002

Fonte:RP Consultoria

  
  

Publicado por em