Prêmio Frederico de Menezes Veiga enfatiza trabalhos de desenvolvimento da agroecologia

A solenidade de comemoração do 30º aniversário da Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi o palco para a entrega do Prêmio Frederico de Menezes Veiga, a dois pesquisador

  
  

A solenidade de comemoração do 30º aniversário da Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi o palco para a entrega do Prêmio Frederico de Menezes Veiga, a dois pesquisadores que se destacaram pelos seus trabalhos científicos e tecnológicos de reconhecido valor para a sociedade e que contribuíram para o desenvolvimento de tecnologias agroecológicas, que de fato integram a atividade produtiva com a proteção do meio ambiente.

Os agraciados deste ano são os pesquisadores João Carlos Costa Gomes, da Embrapa e José Márcio Correia Ayres, do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá. Costa Gomes é engenheiro agrônomo,com doutorado pela Universidade de Córdoba/Espanha em agroecologia, sociologia e desenvolvimento rural sustentável, destacando-se pelos seus trabalhos nos campos teóricos da Epistemologia e da Metodologia como princípios orientadores para uma nova prática na pesquisa agropecuária.

O pesquisador Corrêa Ayres, falecido recentemente, receberá o prêmio post mortem. Formado em ciência biológicas, foi pesquisador do Museu Paraense Emilio Goeldi, com doutorado pela Universidade de Cambridge/Inglaterra em Primate Socio-ecology.

Destacou-se por seus trabalhos com a conservação da biodiversidade da Amazônia, em especial os macacos cuxiú e uacari, ameaçados de extinção. Ficou conhecido internacionalmente pela criação do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, localizado em Tefé no Amazonas.

Fonte: Embrapa

  
  

Publicado por em