Presidente da Farsul pede ao governo rapidez na regulamentação dos transgênicos

O presidente da Farsul - Federação dos Agricultores do Rio Grande do Sul, Carlos Sperotto, vai pedir na quarta-feira (28/7) ao ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, mais rapidez na regulamentação dos transgênicos. “Na pior das hipóteses, o

  
  

O presidente da Farsul - Federação dos Agricultores do Rio Grande do Sul, Carlos Sperotto, vai pedir na quarta-feira (28/7) ao ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, mais rapidez na regulamentação dos transgênicos.

“Na pior das hipóteses, o governo terá de editar uma nova medida provisória autorizando o plantio da soja geneticamente modificada. O Congresso está muito lento na votação da lei de biossegurança”, avaliou Sperotto, minutos antes do início de uma reunião no Ministério, com o próprio ministro, técnicos e produtores.

Segundo ele, o encontro tem como tema principal a instalação de uma Câmara Temática de Financiamento e Seguro para o Agronegócio.

“Mas também vamos falar sobre o problema da soja. Doze estados já plantam o produto geneticamente modificado. Cerca de 20% da nossa produção é baseada nesse tipo de semente”, revelou o presidente da Farsul, acrescentando que os procedimentos devem ser regulamentados o quanto antes.

`A nova safra começa em setembro. Os contratos para a compra de sementes, fertilizantes e insumos já estão sendo firmados”, alertou o dirigente da entidade.

De acordo com um relatório do Greenpeace, dos cerca de 83 mil agricultores que cultivaram soja transgênica na safra 2003/2004, mais de 81 mil estão no Rio Grande do Sul.

O documento aponta como uma das conseqüências do uso da soja geneticamente modificada – em especial a Roundup Ready, da Monsanto -, o surgimento de ervas daninhas ainda mais resistentes, o que estaria provocando o aumento no uso de herbicidas.

O Greenpeace reivindica proteção para produtores de soja convencional, que teriam custos extras para limpar máquinas e separar os grãos tradicionais dos transgênicos.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em