Primeira usina do Proinfa é da Brascan Energética

A PCH Piranhas, localizada em Goiás, será a primeira usina a fornecer energia ao Proinfa. O Consórcio Serra Negra Energética acaba de iniciar as atividades para construção da usina, que vai gerar 18 MW a partir de 2006, com investimentos de aproximadament

  
  

A PCH Piranhas, localizada em Goiás, será a primeira usina a fornecer energia ao Proinfa. O Consórcio Serra Negra Energética acaba de iniciar as atividades para construção da usina, que vai gerar 18 MW a partir de 2006, com investimentos de aproximadamente R$ 49 milhões.

O consórcio é liderado pela Brascan Energética, empresa do Grupo Brascan, e tem participação minoritária da PCH Administração & Participações, empresa do Grupo Performance.

“Acabamos de contratar a Camargo Corrêa para a implantação da Pequena Central Hidrelétrica. Ela
será construída na modalidade EPC (Engineering, Procurement and Construction), que engloba o
fornecimento do conjunto de bens e serviços que compõem a usina a um preço fechado”, revela o
presidente da Brascan Energética, João Robert Coas. As PCHs são consideradas aquelas usinas
que geram até 30 MW de potência instalada.

Com a aquisição, no final do ano passado, de seis PCHs do grupo Cataguazes Leopoldina, a Brascan Energética possui atualmente 11 usinas em operação, localizadas em Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

No próximo mês de março, mais uma usina entrará em operação, a PCH Salto Corgão, de 28 MW, no estado de Mato Grosso. Desta forma, a Brascan Energética passará a operar um parque de 12 usinas hidrelétricas, com um total de 205 MW.

A Brascan Energética representa a volta do Grupo Brascan ao setor elétrico no Brasil. Com suporte e expertise tecnológica da Brascan Power, empresa do grupo que mantém um parque gerador de 2600 MW nos Estados Unidos e Canadá, o principal objetivo da Brascan Energética, é aumentar a oferta de energia elétrica no Brasil, com foco no desenvolvimento, implantação, construção e operação de Pequenas Centrais Hidrelétricas.

Nos planos de negócios da empresa, além da construção de centrais hidrelétricas, também estão aquisições e parcerias em projetos de energia eólica, além da comercialização de energia com consumidores livres.

O grupo Brascan, de origem canadense, movimenta hoje no mundo ativos da ordem de US$ 22 bilhões, com foco nas áreas de energia, imobiliária e financeira. Sua controlada Brascan Power atua no setor elétrico no Canadá, Estados Unidos e Brasil.

Fonte: SPS Comunicação

  
  

Publicado por em