Projeto de desenvolvimento florestal no Rio de Janeiro vai beneficiar pequeno produtor

A região noroeste fluminense vai ganhar, ainda neste semestre, um projeto de desenvolvimento de base florestal que beneficiará os pequenos produtores locais. O Programa Produtor Florestal será implantado pela Aracruz Celulose em parceria com a Firjan

  
  

A região noroeste fluminense vai ganhar, ainda neste semestre, um projeto de desenvolvimento de base florestal que beneficiará os pequenos produtores locais.

O Programa Produtor Florestal será implantado pela Aracruz Celulose em parceria com a Firjan - Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.

A idéia, segundo o gerente florestal da Aracruz, Tadeu Mussi de Andrade, é promover a aproximação imediata dos pequenos produtores locais com a companhia e obter a garantia do licenciamento ambiental já no mês de junho. Os contratos deverão ser firmados em julho, prevendo-se o início do plantio em outubro.

Mussi participou do seminário Encontros regionais de competitividade e responsabilidade social, no município de Itaperuna, que reuniu prefeitos da região.

Ele destacou que, entre as vantagens oferecidas pela criação de florestas, estão a geração de emprego e renda, o aproveitamento de espaços abandonados e o reflorestamento de áreas degradadas.

Segundo ele, esse tipo de negócio garante renda permanente para o pequeno produtor, uma vez que o eucalipto tem aceitação crescente nos mercados doméstico e internacional.

Em todo o mundo, a atividade de exploração florestal movimenta cerca de US$ 290 bilhões por ano, dos quais apenas 1,5% corresponde à participação do Brasil.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em