Proposta da Rússia para utilizar a Base de Alcântara é analisada pelo Congresso Nacional

O governo criará um grupo interministerial, com a participação dos ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT), Relações Exteriores e da Defesa, para analisar a proposta da Rússia de utilizar o centro de lançamento de foguetes de Alcântara (Cla), no Maranhã

  
  

O governo criará um grupo interministerial, com a participação dos ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT), Relações Exteriores e da Defesa, para analisar a proposta da Rússia de utilizar o centro de lançamento de foguetes de Alcântara (Cla), no Maranhão, segundo informou por intermédio de sua assessoria o ministro Roberto Amaral, de C&T.

Para o ministro, quanto mais países se interessarem pelas operações comerciais no Cla melhores serão as possibilidades de negociação do governo brasileiro.

Em janeiro de 2002 o Brasil assinou um memorando de entendimento com a Ucrânia que prevê um acordo entre os dois países tendo em vista oferecer ao mercado mundial o lançamento do foguete ucraniano Ciclone-4 a partir de Alcântara.Já o acordo firmado com o governo dos Estados Unidos é de salvaguarda tecnológica, ou seja, estabelece condições necessárias para impedir toda e qualquer transferência não autorizada de tecnologia, quando as empresas privadas norte-americanas se interessarem pelo uso comercial do Cla.

O texto do acordo ainda está em apreciação pelo Congresso Nacional.Criado no início da década de 80, o Cla é apontado pelos especialistas como o melhor do mundo por estar localizado na linha do Equador. Isso permite que os foguetes lançados necessitem de menos combustível, pois ganham o impulso da rotação da Terra, e transportem uma carga útil maior.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em