Equipotel 2007 pretende reciclar 13 toneladas de lixo

A partir deste ano, a Equipotel contará com os serviços da Ambiente Global, que será responsável pela coleta seletiva, treinamento da equipe de limpeza da feira e pela produção do inventário de emissã

  
  

A partir deste ano, a Equipotel contará com os serviços da Ambiente Global, que será responsável pela coleta seletiva, treinamento da equipe de limpeza da feira e pela produção do inventário de emissão de carbono.

Na comemoração da sua 45º edição, a Nova Equipotel 2007 reúne-se ao grupo de empresas, entidades e pessoas preocupadas com a responsabilidade sócio-ambiental.

Segundo Marcos Castro Milone, diretor de marketing da Nova Equipotel 2007, a expectativa é reciclar no total 13 toneladas de lixo, sendo seis toneladas de plástico, cinco toneladas de papel e duas toneladas de metal. “Para se ter uma idéia da importância desta ação, cinco toneladas de papel reciclado representa a preservação de 75 árvores”, afirma. O diretor de marketing conta ainda que espera, com a ação, motivar os visitantes para que eles também reciclem seu lixo.

Segundo dados da pesquisa Ciclo 2006, da Associação Compromisso Empresarial para Reciclagem, em São Paulo, são coletados cerca de duas mil toneladas de lixo por mês. Entre os principais materiais coletados estão o papel e papelão (38%) e o plástico (20%). O alumínio, presente nas latinhas de refrigerante, aparecem na pesquisa com 1%. Os dados foram calculados com base no peso de cada material.

Comparado com outros países, o Brasil ocupa a nona posição na preliminar de 2004 do ranking mundial da revista PPI – Pulp & Paper International, com o índice de 45,8% de recuperação de papel. Isto significa que, em 2004, foram reciclados mais de 3.360 dos 7.333 mil toneladas de papel coletados.

No dia 12 de setembro, as diretoras da Ambiente Global proferirão a palestra “Sustentabilidade nos Hotéis – Como Implementar ações Ambientalmente Corretas e Socialmente Justas”. Para as palestrantes, o objetivo principal é mostrar aos profissionais do setor que é possível implantar este tipo de ação.

Fonte: Jornal de Turismo

  
  

Publicado por em