Irmãos Campana lançam em Curitiba móveis produzidos com painéis de madeira reciclada

Dois dos mais respeitados designers da atualidade, os brasileiros Fernando e Humberto Campana, estiveram em Curitiba na terça-feira, 22/4, para o lançamento de uma nova linha de produtos criados a partir de uma parceria entre os irmãos Campana e a Masisa

  
  

Dois dos mais respeitados designers da atualidade, os brasileiros Fernando e Humberto Campana, estiveram em Curitiba na terça-feira, 22/4, para o lançamento de uma nova linha de produtos criados a partir de uma parceria entre os irmãos Campana e a Masisa do Brasil.

Composta por cadeiras, mesas e um balcão-buffet, a Linha Celia leva o nome da mãe dos designers, e foi lançada na Kraft Store. Utilizando a técnica de fabricação do OSB (Oriented Strand Board) e resíduos da produção de melamína (painéis revestidos com resinas melamínicas), o novo material agrega, em um produto exclusivo, a aparência e a textura do primeiro produto à variedade de cores do segundo.

Batizado como OSB Campana Masisa, o desenvolvimento deste novo produto aproximou os designers, reconhecidos internacionalmente pela utilização de materiais alternativos e reciclados, da Masisa, líder latino-americana na produção de painéis de madeira que tem como uma de suas principais características o desenvolvimento de produtos de baixo impacto ambiental.

Os painéis de MDF (medium density fiberboard), terceiro produto fabricado pela empresa em Ponta Grossa (PR), foram certificados pelo SCS, Scientific Certification Systems, empresa certificadora independente sediada nos EUA, como produzidos 100% a partir de material reciclado e recuperado.

De acordo com o diretor geral da Masisa do Brasil, Ítalo Rossi, este certificado representa um aval internacional de qualidade.

"Ele traduz o reconhecimento de que fomos bem sucedidos na transformação de subprodutos de madeira, até então não-aproveitáveis e sem valor comercial, em um produto cada vez mais valorizado pela indústria moveleira dentro e fora do Brasil", afirma.

Fonte: Contexto

  
  

Publicado por em