Rede de supermercados cria projeto para comercialização de produtos sustentáveis

As pequenas e médias comunidades manufatureiras poderão contar com um novo canal de vendas para sua produção. É o programa Caras do Brasil, lançado no dia 18 de dezembro de 2002, pelo Grupo Pão de Açúcar. Esse programa tem o objetivo de buscar pelo

  
  


As pequenas e médias comunidades manufatureiras poderão contar com um novo canal de vendas para sua produção. É o programa Caras do Brasil, lançado no dia 18 de dezembro de 2002, pelo Grupo Pão de Açúcar.

Esse programa tem o objetivo de buscar pelo País produtos diferenciados com valor social agregado, abrindo um novo canal de vendas nas lojas do Grupo às pequenas comunidades de todo o Brasil, contribuindo para a geração de riquezas para a população e a sua fixação em seus locais de origem.

Do ponto de vista cultural, a ação do Grupo Pão de Açúcar prevê como um dos resultados estimular a preservação de atividades típicas e tradicionais dos Estados brasileiros. Com o apoio recebido das ONGs, governo e empresas, as atividades passam a ser cada vez mais profissionais e já começam a estimular as mais recentes gerações a continuarem a trabalhar nas suas origens.

A produção sustentável prevê que as gerações futuras tenham direito à mesma disponibilidade de recursos naturais que as oferecidas hoje. Daí a grande preocupação com a sustentabilidade ambiental dos projetos.Ainda sob o aspecto da valorização da arte regional, o Grupo Pão de Açúcar espera promover a inter-regionalização e democratização da cultura brasileira.

Por exemplo: as cestarias produzidas por comunidades indígenas no norte do Amazonas poderão estar à disposição dos clientes de São Paulo, assim como o artesanato mineiro poderá estar em outras regiões. Hoje o Grupo Pão de Açúcar opera mais de 500 lojas em 12 estados brasileiros.

"É uma empresa brasileira valorizando e estimulando a cultura nacional e colaborando com a melhoria da condição de vida de muitos brasileiros", diz Hugo Bethlem diretor executivo comercial do Grupo Pão de Açúcar.

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL :

O desenvolvimento sustentável é um fenômeno registrado em todo o mundo. O principal alavancador desse movimento é o crescimento do consumo consciente, ou seja, aquele que não só considera o produto final, mas toda a cadeia produtiva, da produção ao descarte e absorção pelo meio ambiente.

Para identificar esse processo no Brasil, o Ministério do Meio Ambiente realizou uma pesquisa no ano passado onde identificou que 44% dos consumidores compram produtos que venham em embalagens recicláveis. 36% preferem mercadorias que não agridam ao meio ambiente e 81% declararam se sentir motivados a fazer uma compra de produtos que tenham sido fabricados de maneira ambientalmente correta.

Além do potencial crescente no Brasil, esse movimento é ainda maior em muitas regiões do mundo e aí se abre uma outra e nova oportunidade para essas comunidades: a exportação.

"Mesmo os produtores que não estiverem com seus itens nas gôndolas poderão usufruir dos benefícios da nossa política de fomento à exportação de produtos brasileiros. Hoje todos os produtos brasileiros são exportáveis.", afirma Hugo Bethlem.

O Grupo Pão de Açúcar recentemente lançou o projeto ExportaPão, que prevê a exportação de produtos brasileiros e conta com aval e comprometimento do parceiro internacional, o Groupe Casino. Desde o seu lançamento, o Exportapão já atendeu a mais de 200 empresas interessadas em levar seus produtos para o exterior.

EXPOSIÇÃO

Para marcar a iniciativa, o Grupo Pão de Açúcar promove a I Exposição de Produtos de Manejo Sustentável. A mostra é dirigida ao público interno da Companhia para que passem a conhecer mais sobre produtos de manejo sustentável e quais os benefícios sociais e comerciais da inclusão dessa linha de mercadorias nas lojas do grupo.

Nessa exposição estarão presentes mais de 15 entidades entre organizações não governamentais e órgãos públicos que irão representar a mais de 150 comunidades manufatureiras. Estarão presentes vários produtos como: cestarias, alimentos, objetos de madeiras, tecelagem, produtos de higiene, itens de decoração, etc.

Para todos os interessados em apresentar os produtos para este programa, a empresa abrirá, a partir 13 de janeiro, um canal de atendimento via site corporativo e também pelo Ombudsman do Fornecedor, telefone (DDG) 0800109392.

Fonte: AssCom Grupo Pão de Açúcar

  
  

Publicado por em