Resolução do Conama determina redução do fósforo no sabão em pó

Os fabricantes de sabões e detergentes em pó terão três anos para reduzir em 1,5% a concentração de fósforo na fórmula desses produtos. A medida, aprovada pelo Conama - Conselho Nacional de Meio Ambiente, implicará na redução da quantidade dessa substânci

  
  

Os fabricantes de sabões e detergentes em pó terão três anos para reduzir em 1,5% a concentração de fósforo na fórmula desses produtos. A medida, aprovada pelo Conama - Conselho Nacional de Meio Ambiente, implicará na redução da quantidade dessa substância nos rios de todo o País, de 64 toneladas por dia para 46 toneladas por dia, melhorando a qualidade da água consumida pela população. Depois de três anos, a medida será reavaliada.

A resolução aprovada pelo Conama passou antes pela avaliação das câmaras técnicas de Controle e Qualidade Ambiental e de Assuntos Jurídicos.

Segundo o diretor do Conama, Nilo Diniz, `o grande avanço desta resolução reside no seu caráter preventivo e na representatividade dos interesses de todos os envolvidos`.

A redução do fósforo foi discutida com representantes da indústria, da sociedade, da comunidade científica, inclusive consultores internacionais.

`A própria indústria apresentou uma proposta, avaliada pelo grupo de trabalho, das reduções que pudessem atender às questões de qualidade ambiental e que fossem factíveis do ponto de vista tecnológico e comercial`, lembrou Nilo.

A iniciativa de propor uma resolução regulamentando o uso do fósforo nos detergentes em pó, partiu do governo do estado de São Paulo, por meio da Cetesb - Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental, em função dos muitos problemas de poluição detectados nos rios do estado.

O fósforo limita os processos ecológicos. Em excesso, pode levar a eutrofização, ou seja, provoca o enriquecimento da água com nutrientes que favorecem a proliferação de algas tóxicas. Além de servir de criadouros para vetores de doenças, dar gosto ruim e mudar a coloração da água, essas plantas afetam turbinas, hélices de motores e a navegação.

`A resolução vai impedir que ocorram, por exemplo, problemas como o que vimos em São Paulo, em 2003`, disse o secretário, lembrando da espuma branca que se formou no Rio Tietê e invadiu a cidade de Pirapora do Bom Jesus, provocada pela grande concentração de poluentes na água.

O fósforo, junto com o nitrogênio, encontrado nos agrotóxicos e nas fezes, despejados sem tratamento nos rios pelos esgotos domésticos, é um dos principais responsáveis pela poluição dos rios brasileiros. A redução do fósforo nas fórmulas de sabões e detergentes em pó é um primeiro passo, no sentido de minimizar essa poluição.

A resolução entra em vigor a partir da data de publicação no Diário Oficial da União, o que deve acontecer nos próximos dias, depois de concluída a redação final do texto. Caberá ao Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis apurar os limites de concentração do fósforo, mediante apresentação de relatórios fornecidos pelos fabricantes.

Fonte: MMA

  
  

Publicado por em