Rondônia ganhou uma Floresta Nacional com 220 mil hectares

O Diário Oficial da quinta-feira (02/12) traz um decreto assinado pelo presidente Lula criando a Floresta Nacional de Jacundá, que abrange a capital Porto Velho e o município de Candeias do Jamari, em Rondônia. A mais nova unidade de conservação brasil

  
  

O Diário Oficial da quinta-feira (02/12) traz um decreto assinado pelo presidente Lula criando a Floresta Nacional de Jacundá, que abrange a capital Porto Velho e o município de Candeias do Jamari, em Rondônia.

A mais nova unidade de conservação brasileira tem pouco mais de 220 mil hectares, área maior que a da capital paulista. De acordo com a legislação vigente, uma Flona permite atividades de pesquisa, turismo e extrativismo, incluindo a retirada de madeiras, desde que ocorram de forma sustentável, com base em planos de manejo.

A Flona foi classificada como de Importância Biológica Extremamente Alta para Conservação, de acordo com o Projeto de Conservação e Utilização Sustentável da Diversidade Biológica Brasileira (Probio), e está inserida no Plano de Ação para Prevenção e Controle de Desmatamento na Amazônia Legal, elaborado pelo Governo Federal.

Na vegetação da área, se destacam árvores com até 40 metros de altura, de espécies como Sucupira-amarela, Caroba, Angelim-pedra, Cumaru, Ipê-amarelo e Mogno.

Os estudos ambientais para a criação da UC foram elaborados pelo Grupo de Levantamentos-Estudos e Projetos do Grupamento de Planejamento da Coordenadoria Especial do Território de Rondônia.

A necessária consulta pública para a efetivação da Flona foi realizada em 18 de dezembro de 2003, na Câmara dos Vereadores do Município de Candeias do Jamari, com a presença de 95 pessoas.

Além dessa, foi realizada outra consulta via Internet, entre 7 e 22 de outubro de 2002. Os próximos passos para efetivação da Flona serão a demarcação de seus limites, a denominação de um gerente, a cargo do Ibama, e a elaboração de um Plano de Manejo para o aproveitamento sustentável da área.

Fonte: MMA

  
  

Publicado por em