Salvador-BA sediará Manifesto em prol do Combate Eficaz e Humanitário á Raiva

A Prefeitura de Salvador/Ba cassou a liminar que suspendeu a atuação da carrocinha na cidade. Este recursso foi enviado pelo Procurador Geral do Município diretamente aoTribunal Superior de Justiça do Estado, que imadiatamente cassou a liminar, sem aviso

  
  

A Prefeitura de Salvador/Ba cassou a liminar que suspendeu a atuação da carrocinha na cidade. Este recursso foi enviado pelo Procurador Geral do Município diretamente aoTribunal Superior de Justiça do Estado, que imadiatamente cassou a liminar, sem aviso prévio ao Ministério Público.

Após este fato, a Prefeitura passou divulgar os novos casos de raiva na imprensa, como forma de apavorar a população e justificar a volta do seu método obsoleto e primitivo de combate à raiva, o qual implicará no massacre de milhares de cães e gatos.

A raiva nunca foi debelada aqui em Salvador e, a cada ano, novos casos surgem sem que a Secretaria de Saúde adote as medidas eficazes para o seu controle definitivo.Tais medidas, cuja recomendação parte da Organização Mundial de Saúde,são:controle da natalidade (castração), cobertura vacinal total(a prefeitura não vacina os cães de rua, somente os que estão acompanhados pelo proprietário), e campanhas de conscientização da população para a posse responsável. Logo, esta negligência e descaso tem custado um alto preço para população humana e animal da cidade.

A Secretaria de Saúde insiste em manter o método da captura e eutanásia, o que, tecnicamente falando, é uma grande insensatez e falta de responsabilidade administrativa pois, sem um controle de natalidade efetivo, os animais se reproduzem demasiadamante e, até serem capturados pela carrocinha, poderão estar transmitindo o vírus à outros animais, inclusive ao homem.

Por isso, no próximo dia 17/12/03 (quarta-feira), a partir das 16:00hs, populares as entidades ligadas à defesa animal e ao meio-ambiente, estarão promovendo um grande manifesto saindo da Praça Municipal em Direção à Secretaria de Saúde do Salvador/BA.

Profissionais de imprensa e demais pessoas ligadas à defesa animal deverão fazer a cobertura e divulgação prévia deste evento, cujo objetivo será alertar e conscientizar a administração pública e à população sobre o perigo da raiva e suas formas reais e humanas de combate.

Fonte: União Defensora dos Animais / Associação Brasileira Protetora dos Animais

  
  

Publicado por em