Sony lança programa que exigirá de seus fornecedores atitudes de proteção ambiental

A Sony do Brasil acaba de lançar um dos programas de proteção ambiental mais ambiciosos do País.O objetivo é garantir que os componentes e matérias-primas utilizados em sua produção sejam inofensivos ao meio ambiente. “A conservação do meio ambie

  
  

A Sony do Brasil acaba de lançar um dos programas de proteção ambiental mais ambiciosos do País.O objetivo é garantir que os componentes e matérias-primas utilizados em sua produção sejam inofensivos ao meio ambiente.

“A conservação do meio ambiente é uma das maiores prioridades do século XXI. Nesse sentido, a Sony decidiu mundialmente se adiantar às regulamentações e, ainda mais, ir além do que é exigido nos países com normas bastante rígidas”, afirma o presidente da Sony Brasil, Minoru Itaya.

Ele explica que o tema ambiental sempre permeou a política adotada mundialmente pela empresa para a aquisição de materiais mas, neste ano, foi ainda mais reforçado, sendo que a matriz posicionou a questão como foco principal, à frente, por exemplo, de outros fatores como por exemplo preço.

Com base nesses direcionamentos, a Sony Brasil reuniu os seus fornecedores para apresentar o programa denominado “Green Partnership”, através do qual estão estabelecidas metas para a eliminação de substâncias prejudiciais ao meio ambiente nas plantas industriais das empresas que abastecem a fábrica da companhia em Manaus.

Até o final de agosto deste ano, os fornecedores deverão assinar um documento garantindo que não utilizam substâncias como cádmio, naftalina policlorada, entre outros.

Após isso, os fornecedores serão auditados pela Sony e,os que preencherem os requisitos, receberão o certificado “Green Partnership”, o que agilizará a venda de produtos.

“Ser um parceiro nesse programa significa que, assim como a Sony, as empresas estarão proporcionando uma evolução em todo o seu processo, bem como junto aos seus próprios fornecedores, com o propósito de estarem produzindo e fornecendo itens ambientalmente corretos”, diz Itaya.

Fonte: Cia. de Notícias

  
  

Publicado por em