Técnico aponta medidas para reduzir preços de produtos orgânicos

Marcos Chagas Repórter da Agência Brasil José Cruz/ABr Brazlândia (DF) - O funcionário Valdimar Rodrigues de Carvalho, responsável por vendas da Associação Mokiti Okada (MOA),

  
  

Marcos Chagas
Repórter da Agência Brasil

José Cruz/ABr

Brazlândia (DF) - O funcionário Valdimar Rodrigues de Carvalho, responsável por vendas da Associação Mokiti Okada (MOA), embala maracujás orgânicos

Brasília - A Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário tem trabalhado para reduzir os custos de investimentos no cultivo de orgânicos, informa o assessor técnico Jean-Pierre Medaets. Uma das medidas implementadas é o apoio financeiro ao pequeno agricultor para que obtenha o selo de certificação, que garante a autenticidade e qualidade do produto.

Medaets reconhece que o processo de certificações, sob o ponto de vista financeiro, é um problema para o agricultor familiar. Por isso, foi criado o incentivo para que o pequeno agricultor estruture-se até ter as condições necessárias de bancar sua produção.

Outra frente de atuação do governo para redução de custos no processo de certificação é o que a secretaria chama de sistema participativo de garantia. “Trata-se de um sistema em que a auditoria interna pesa mais que a auditoria externa. Isso reduz o custo financeiro”, diz o técnico, em entrevista à Agência Brasil.

Por outro lado, a idéia é estimular cada vez mais a criação de feiras agroecológicas, nas quais o produtor vende seu produto diretamente ao consumidor. Nesse caso, o custo de um produto orgânico cai bastante, uma vez que não há intermediários.

Jean-Pierre Medaets destaca, entretanto a importância desses intermediários no processo de construção da cadeia produtiva. “Eles são uma peça-chave no processo de comercialização”, diz, criticando o uso de termos como “atravessadores” para os denominar. “Só que, muitas vezes, é conveniente ao produtor não trabalhar com intermediário e reduzir o preço ao consumidor”, pondera.

FONTE: AGENCIA BRASIL

  
  

Publicado por em