Técnicos do WWF-Brasil comemoraram o Dia Nacional do Cerrado

Técnicos do WWF-Brasil realizaram, no dia 11 de setembro, `Dia Nacional do Cerrado `, pela manhã, um sobrevôo à Estação Ecológica de Águas Emendadas, a bordo do balão Panda, durante o qual será feito um levantamento fotográfico e em vídeo sobre as condiçõ

  
  

Técnicos do WWF-Brasil realizaram, no dia 11 de setembro, `Dia Nacional do Cerrado `, pela manhã, um sobrevôo à Estação Ecológica de Águas Emendadas, a bordo do balão Panda, durante o qual será feito um levantamento fotográfico e em vídeo sobre as condições da
região.

Após o vôo, às 9h, ambientalistas, técnicos e dirigentes da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Distrito Federal (Semarh) concederam entrevista coletiva
sobre a situação da estação e sobre a campanha Água para a Vida, Água para todos, conduzida pelo WWF-Brasil. A entrevista foi realizada no Centro de Informação Ambiental, localizado na Estação.

Para o WWF-Brasil, a comemoração do Dia do Cerrado é mais uma oportunidade para chamar a atenção da população para sua campanha Água para a Vida, Água para Todos, que tem por objetivo mudar a percepção das comunidades e dos governos sobre a água, que deve ser vista não como mercadoria a ser consumida, mas um sistema vivo e fundamental para a vida e para o desenvolvimento do país.

Berço das águas

O sobrevôo à Estação Ecológica de Águas Emendadas é emblemático: pouco conhecido pela população brasileira, o fenômeno das águas emendadas é único na América Latina.

Em uma vereda de cerca de seis quilômetros, nascem dois cursos d`água que seguem em sentidos opostos.Um segue para o sul e vai alimentar a bacia do Paraná/Prata. O outro corre para o norte e abastece a bacia do Tocantins.

De acordo com os técnicos do WWF-Brasil e da Semarh, a unidade de conservação já sofre severa pressão, tanto da malha urbana quanto do avanço da agricultura.

Fonte: WWF

  
  

Publicado por em