Campanha vai incentivar uso de energia solar para aquecimento

O programa ''Ligado em Energia Solar'' oferece cursos para qualificar profissionais de diversas áreas a atender a demanda do setor. A cidade já dispõe de lei que exige a instalação de equipamentos para ca

  
  

O programa ''Ligado em Energia Solar'' oferece cursos para qualificar profissionais de diversas áreas a atender a demanda do setor. A cidade já dispõe de lei que exige a instalação de equipamentos para captação de energia solar nas edificações públicas e comerciais.

O prefeito de São Paulo lançou nesta segunda-feira (17/09) a campanha Ligado em Energia Solar para disseminar informações sobre o uso do aquecimento solar. O programa oferece cursos para qualificar profissionais de diversas áreas a atender a demanda do setor. A cidade já dispõe de lei que exige a instalação de equipamentos para captação de energia solar nas edificações públicas e comerciais.

O Ligado em Energia Solar vai estimular a população a fazer o uso adequado deste tipo de energia. Os cursos oferecidos são gratuitos e têm o objetivo de formar mão-de-obra do ramo da construção civil para atender as novas exigências da legislação. Os cursos serão oferecidos pela Secretaria de Verde e Meio Ambiente, por meio da Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz (Umapaz) e em parceria com empresas do setor.

A captação de energia solar é uma das áreas que mais gera empregos em todo o mundo. "Não basta a Prefeitura encaminhar projeto de lei, aprová-lo e cobrar do cidadão a sua aplicação", afirmou o prefeito. "O que a Prefeitura faz com o lançamento dessa campanha é dar oportunidade aos profissionais vinculados à construção civil, para que tenham acesso ao conhecimento, à tecnologia de aproveitamento da energia solar", disse. Ele também ressaltou os benefícios gerados pelo aproveitamento da energia, entre eles a diminuição do efeito estufa. "A Prefeitura vai cobrar o cumprimento da legislação como medida para melhorar a qualidade de vida e as condições de desenvolvimento da cidade".

A campanha será difundida nos Parques Municipais Trianon, Ibirapuera, Independência, Luz, Carmo e Aclimação durante os finais de semana, no período de 22 a 30 de setembro. Serão apresentadas estações solares e distribuídos materiais impressos - folhetos, revistas em quadrinhos, adesivos e cartazes. Eles trazem explicações sobre as vantagens da energia solar no aquecimento da água. É um tipo de energia mais limpa, confiável e econômica.

Os cursos de formação terão quatro modalidades para capacitação de mão de obra. São eles: Projetista de Sistemas de Aquecimento Solar, Arquitetura Solar, Instalação de Sistemas de Aquecimento Solar e Aquecimento Solar e Mudanças Climáticas e Rodas Temáticas. As aulas serão gratuitas, ministradas por engenheiros, físicos e arquitetos coordenados pela Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava). Os cursos serão realizados na Umapaz, localizada no Parque Ibirapuera (Zona Sul).

A finalidade é levar conhecimento a diferentes profissionais do mercado na implantação da tecnologia. Estima-se que nos próximos dois anos haja demanda de cerca de 1.600 novos profissionais para o setor. Tanto a campanha quanto os cursos de capacitação foram criados para dar suporte à implementação da Lei nº 11.228 (aprovada pela Câmara Municipal e atualmente em fase de regulamentação) que prevê a instalação de equipamentos para captação de energia solar em novas edificações não-residenciais e residenciais, com mais de quatro banheiros. A legislação estabelece também a preparação para instalação futura de aquecedores solares em edificações residenciais cujas unidades tenham até três banheiros.

fonte: Portal da Prefeitura de São Paulo

  
  

Publicado por em