Ônibus Elétricos da BYD entram em operação em Auckland, Nova Zelândia.

O sistema de freio regenerativo dos veículos converte parte da energia cinética em eletricidade e armazena na bateria, dando ao ônibus maior autonomia.

  
  


A BYD, empresa pioneira em soluções de energia limpa, colocou em circulação, no dia 17 de abril, os dois primeiros ônibus 100% elétricos – denominados Alexander Dennis (ADL) Enviro200EV – de Auckland, maior cidade da Nova Zelândia e principal centro de transportes públicos.

Os ônibus, que combinam a comprovada tecnologia elétrica e de baterias da BYD com o design e a experiência em encarroçamento da ADL, são parte do esforço de Auckland para desenvolver uma rota de ônibus com zero-emissão.

O transporte é responsável por mais de um terço das emissões de gases com efeito estufa de Auckland / Divulgação

Cada um dos Enviro200EV tem 12 metros, capacidade máxima de 55 passageiros e é equipado com a bateria de fosfato de ferro patenteada da BYD. O sistema de freio regenerativo dos veículos converte parte da energia cinética em eletricidade e armazena na bateria, dando ao ônibus maior autonomia.

“Estamos animados com nossa estreia no mercado neozelandês. Esses ônibus são mais silenciosos, limpos e melhores para o meio ambiente. Estou confiante de que a versatilidade destes veículos permitirá cumprir facilmente os requisitos do ciclo de trabalho de Auckland”, disse Liu Xueliang, Gerente Geral da Divisão de Vendas de Automóveis da BYD pacífico-asiática.

O transporte é responsável por mais de um terço das emissões de gases com efeito estufa de Auckland. No ano passado, o prefeito da cidade se comprometeu a adquirir apenas ônibus com emissão zero até 2025. A Auckland Transport, responsável pelos serviços de transporte na cidade, disse que os ônibus ajudarão o departamento a avaliar com precisão se os ônibus elétricos suprem a necessidades dos seus usuários, em que rotas eles podem operar e sua viabilidade comercial.

A BYD tem presença considerável em mais de 20 países e regiões pacífico-asiáticas, incluindo Japão, Singapura, Malásia, Filipinas, Tailândia, Índia, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Atualmente, os veículos elétricos da BYD estão presentes em mais de 200 cidades espalhadas por 50 países e regiões.

A BYD

“Pioneira em soluções de energia limpa”

Gigante global especializada em energia limpa, a BYD foi fundada em 1995 e rapidamente se tornou a maior fabricante mundial de baterias recarregáveis, sistemas de armazenamento de energia, ônibus e caminhões 100% elétricos. Desde 2015, a BYD também vem surpreendendo o mundo como a maior fabricante de automóveis elétricos e híbridos plug-in do mundo (2015, 2016 e 2017).

A empresa está presente em cinco continentes, mais de 50 países e em cerca de 200 cidades e têm entre seus sócios o americano Warren Buffet. Com mais de 220 mil funcionários distribuídos em 40 fábricas ao redor do globo (sendo 20 mil engenheiros pesquisadores), a chinesa BYD é, ainda, a segunda maior fornecedora de componentes para celulares, tablets e laptops no mundo para outras marcas globais, e considerada uma das 15 empresas que estão mudando o mundo para melhor, “Change The World”, da Revista Fortune.

Em 2016, a BYD ganhou o prêmio Zero Emission Eco system da ONU, na categoria grandes corporações. Em 2016, a empilhadeira elétrica da BYD ganhou o prêmio IFOY de melhor empilhadeira elétrica do mundo. A primeira vez que uma marca não europeia ganha o principal prêmio do setor de logística na Europa.

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em 2015 para produção de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, interior de São Paulo. Em abril de 2017, neste mesmo local, inaugurou sua planta de produção de módulos fotovoltaicos. A BYD Brasil já emprega cerca de 460 funcionários nas cidades de Campinas e São Paulo.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte:BYD Brasil

  
  

Publicado por em