União Européia autoriza plantio e comercialização de milho transgênico

A União Européia aprovou, em setembro, o plantio e comercialização de 17 variedades de milho transgênico MON 810, resistente a insetos, nos 25 países pertencentes ao bloco europeu. Antes mesmo da liberação em todo o continente europeu, o cultivo de onze d

  
  

A União Européia aprovou, em setembro, o plantio e comercialização de 17 variedades de milho transgênico MON 810, resistente a insetos, nos 25 países pertencentes ao bloco europeu. Antes mesmo da liberação em todo o continente europeu, o cultivo de onze destas cultivares já estava aprovado na Espanha e de seis na França.

`O milho transgênico foi rigorosamente testado para garantir a segurança do consumo humano e do meio ambiente. As variedades foram cultivado durante anos na Espanha, sem nenhum problema`, disse David Byrne, membro do Conselho de Saúde e Proteção ao Consumidor da União Européia em entrevista à Dow Jones. As 17 variedades aprovadas foram licenciadas pela Monsanto para oito diferentes empresas de sementes na Europa.

Em abril deste ano, o Painel Científico da Agência Européia de Segurança Alimentar (em inglês, EFSA - European Food Safety Authority) divulgou o resultado da avaliação de segurança de uma outra variedade de milho geneticamente modificado da monsanto, MON 863, também resistente a insetos.

Este foi o quarto produto da Monsanto cuja segurança foi atestada pela agência regulatória européia. O primeiro foi o milho NK 603, tolerante ao herbicida glifosato, em dezembro de 2002, seguido do parecer favorável à canola geneticamente modificada GT73, também tolerante ao glifosato, em março, e do milho MON 810.

Fonte: Casa da Imprensa

  
  

Publicado por em