Universidade Rural de Pernambuco monitora aves para combater vírus

Uma equipe de especialistas da UFRPE - Universidade Rural de Pernambuco, do Centro de Vigilância Sanitária da Prefeitura da Cidade do Recife e da Funasa - Fundação Nacional de Saúde, este último órgão vinculado ao Ministério da Saúde, estará na Coroa do A

  
  

Uma equipe de especialistas da UFRPE - Universidade Rural de Pernambuco, do Centro de Vigilância Sanitária da Prefeitura da Cidade do Recife e da Funasa - Fundação Nacional de Saúde, este último órgão vinculado ao Ministério da Saúde, estará na Coroa do Avião, ilhota localizada no município de Itamaracá, a partir de domingo (28 de setembro).

O objetivo do grupo, que passará pelo menos uma semana no local, é monitorar e realizarcoleta de sangue nas aves migratórias – que visitam anualmente ilhota (sempre no período de outubro a abril), quando deixam o Hemisfério Norte fugindo do frio – para fazer um trabalho de pesquisa e vigilância com relação à virose chamada febre do Nilo, doença que provoca infecção cerebral e que virou notícia o ano passado com a identificação de diversos casos em vários países, com ocorrência de mortes.

Fazem parte da equipe o pesquisador e professor da UFRPE, Severino Mendes Júnior; e o representante e veterinário da Funasa, Francisco Anilton Araújo que, nesta mesma época, no ano passado, deram início a este trabalho de prevenção de entrada da virose no Brasil com um treinamento realizado no Centro de Vigilância Ambiental da Prefeitura do Recife, envolvendo cerca de 10 técnicos, e deram continuidade à iniciativa seguindo para o Rio Grande do Sul, onde fizeram coleta de sangue das aves na Lagoa do Peixe, e depois para o Pará, onde analisaram o material coletado no Instituto Evandro Chagas.

De acordo com os especialistas, as aves migratórias são o principal reservatório do vírus causador da febre, transmitido ao homem através da picada de mosquitos que tenham tido contado com o sangue da ave contaminada.

Fonte: Assessoria de Comunicação da UFRPE

  
  

Publicado por em