V Fimai acontecerá no Expo Center Norte -SP

O pessimismo registrado em alguns setores da economia do País não tem contaminado o mercado ambiental brasileiro. Esta é a opinião de Sidney Aluani, gerente comercial da Ensr do Brasil. Nascida no Estados Unidos, há 35 anos, a empresa desembarcou no Brasi

  
  

O pessimismo registrado em alguns setores da economia do País não tem contaminado o mercado ambiental brasileiro. Esta é a opinião de Sidney Aluani, gerente comercial da Ensr do Brasil. Nascida no Estados Unidos, há 35 anos, a empresa desembarcou no Brasil em 1998.Desde então, os números não param de crescer.

Especializada em auditorias, consultorias, e soluções ambientais, a empresa registrou, no último balanço, realizado de acordo com o calendário norte-americano (julho a julho), um crescimento de 75%.

Segundo Aluani, a matriz da empresa está feliz com os resultados, afinal, no mesmo período, a própria sede registrou um crescimento de 5%.

O exemplo da Ensr é um dos vários que permitem deixar cada vez mais otimistas as empresas que atuam no setor do meio ambiente industrial no Brasil e que participam, nos dias 29, 30 e 31 de outubro, da V Fimai - Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial.

Um levantamento recentemente divulgado pelo Departamento de Meio Ambiente da Câmara Brasil-Alemanha só reforça o bom momento vivido pelo mercado ambiental brasileiro.

Segundo ele, os investimentos em tecnologias ambientais deverão crescer, daqui pra frente, de 5 a 7% ao ano. No ano passado, as indústrias adquiriram U$3,0 bilhões em tecnologias ambientais.

Para Julio Tocalino, editor da Revista Meio Ambiente Industrial e organizador da Feira, que já tem 320 estandes vendidos – o que corresponde a 100% da capacidade do evento -, o crescimento do setor tem sido evidente nos últimos anos.

Segundo ele, o que mais chama a atenção é que este crescimento tem despertado um interesse cada vez maior de empresas estrangeiras do setor pelo Brasil.

“Só no último mês, recebi cerca de dez consultas de empresas européias, americanas e canadenses interessadas no mercado ambiental brasileiro. A maioria delas está interessada em fazer joint venture com empresas nacionais, principalmente com as do Estado de São Paulo, que atuam nos setores de reciclagem, consultorias, tratamento de efluentes e de resíduos industriais”, revela Tocalino.

Romildo Campelo, diretor titular adjunto do Departamento de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, acredita que o interesse das empresas estrangeiras do setor ambiental pelo mercado paulista é porque as indústrias do Estado se conscientizaram, mais cedo do que em outros lugares, que a preservação ambiental faz parte do negócio e passaram a utilizar os serviços de remediação e controle de poluição industrial de forma mais intensa nos últimos anos.

“É uma questão de sobrevivência. A indústria que hoje não se preocupa em atuar de forma ambientalmente correta estará fora do mercado nos próximos anos”, enfatiza Campelo. Para ele, a perenidade da indústria está diretamente relacionada a sua forma de atuação com o meio ambiente.

Para Haroldo Mattos Lemos, professor de engenharia ambiental da Escola Politécnica da UFRJ, presidente do Instituto Brasil Pnuma e superintendente do ABNT/CB 38, a legislação ambiental tem sido uma impulsionadora do aumento da demanda por serviços no setor de meio ambiente industrial.

Lemos baseia-se principalmente na pesquisa `Gestão Ambiental na Indústria Brasileira`, realizada pela CNI, Bndes e Sebrae, em 1998. Nela, as 1.451 empresas entrevistadas revelaram que a legislação ambiental é a principal razão para a adoção de práticas ambientais. Na mesma pesquisa, a redução dos custos e a melhoria da imagem das empresas também foram mencionadas como fatores importantes.

Além da V Fimai - Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial, o evento vai contar ainda com o V Simai – Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial, que deverá reunir, neste ano, mais de 60 palestrantes; a Rodada de Negócios Al Invest/Fiesp; o Fiecotur - I Feira e Seminário Internacional de Ecoturismo, o Siresc - Seminário Internacional de Responsabilidade Social no Brasil e o Seminário Internacional sobre Remediação de Locais Contaminados.

Serviço:

V Feira Internacional de Meio Ambiente - Fimai/ V Seminário Internacional de Meio Ambiente -Simai.

Organização: Revista Meio Ambiente Industrial

Realização: Ambiente Press

Dias: 29, 30 e 31 de outubro de 2003

Local: Expo Center Norte - Pavilhão Vermelho

Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme - São Paulo/SP

Informações e inscrições: 0800-7701449

Fonte: Agpress

  
  

Publicado por em