A campeã Maria do Carmo também vai atrás do índice olímpico em São Paulo

A X Maratona Internacional de São Paulo, que acontece no dia 2 de maio, será a última chance dos atletas nacionais conseguirem o índice para os Jogos Olímpicos de Atenas. E mesmo com um percurso mais técnico que o de outras provas do calendário, muito

  
  

A X Maratona Internacional de São Paulo, que acontece no dia 2 de maio, será a última chance dos atletas nacionais conseguirem o índice para os Jogos Olímpicos de Atenas.

E mesmo com um percurso mais técnico que o de outras provas do calendário, muitos competidores de ponta escolheram a disputa paulista para brigar por uma das três vagas, no masculino e feminino, para a Grécia.

Uma delas é a campeã da Maratona Internacional de São Paulo do ano passado, a paraibana Maria do Carmo Arruda, que fez um treinamento muito forte para conseguir uma das vagas em Atenas.

“Quando o objetivo é lutar para estar nos Jogos Olímpicos, a preparação tem de ser forte mesmo. Estou correndo entre 180 e 200 quilômetros por semana para poder fazer uma boa prova. Minha meta é completar os 42,1 km por volta de 2h35min, dois minutos abaixo do índice exigido pela Confederação Brasileira”, explica a atleta, de 33 anos, quinta colocada nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo e 18ª na São Silvestre/2003.

Na verdade, Maria do Carmo teve de correr contra o tempo para iniciar os treinamentos para a Maratona de São Paulo. Após o Pan, ela sofreu com uma série de problemas físicos, que acabaram provocando uma parada de um mês e o atraso no começo dos treinos. “Primeiro foi uma lesão na musculatura da perna e depois problemas no fígado, tudo em razão do grande esforço para vencer em São Paulo no ano passado. Mas isso já é passado e estou pensando no dia 2”, afirma.

A atleta reconhece que terá grandes adversárias na X Maratona Internacional de São Paulo, mas diz não temer ninguém.

“Como sempre, muita gente boa estará na prova. Acho que a única ausência será a Márcia Narloch, que já tem a vaga praticamente garantida e corre na Europa nesta semana. Para mim,você só descobre quem é favorita após a prova e o importante é você fazer o seu melhor”, declara a atleta que reconhece ter mudado a vida após a vitória em 2003.

“Consegui comprar minha casa, realizando um antigo sonho,e hoje sou uma pessoa mais estruturada.”

Maria do Carmo encerra a fase de preparação neste domingo. Ela vai a Fortaleza para participar de uma meia maratona. “Já participei de outras competições no Ceará, mas será a primeira vez na meia maratona. Com essa disputa, encerro os treinamentos e sigo para São Paulo ciente de que fiz o melhor”, finaliza a corredora, que começou a disputar maratonas em 2000 e que até 2002 também trabalhava como professora.

As inscrições para a prova continuam abertas até o dia 24 de abril. Os interessados podem garantir presença na maratona, ou nas provas de 6 e 10 km, pelo site, nas federações mineira, paulista e carioca, ou nas lojas Natural Quality, Natural Sport e Quality Nutrition.

O valor da inscrição é de R$ 35,00 e a entrega do kit será feita, juntamente com a entrega do chip,nos dias 30 de abril e 1º de maio, das 10:00 às 18:00 horas, na Rua Abílio
Soares, 1300 - Ibirapuera, no Ginásio Mauro Pinheiro do Complexo Constâncio Vaz Guimarães.

A X Maratona Internacional de São Paulo é uma realização da Rede Globo,com organização da Yescom e direção técnica da Events. A supervisão é da IAAF, CBAt, AIMS e FPA, com apoio da Clacce e da Prefeitura de São Paulo.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em