A sétima etapa da Volta de São Paulo será disputada pelos ciclistas em Ribeirão Preto-SP

Só deu Extra Caloi Suzano na sexta etapa da Volta de São Paulo de Ciclismo, disputada na quinta-feira, num percurso de 86,3 km entre Bauru e Ribeirão Preto. Daniel Soeiro cruzou a linha de chegada na frente, em 1h58min19s, seguido pelo companheiro de equi

  
  

Só deu Extra Caloi Suzano na sexta etapa da Volta de São Paulo de Ciclismo, disputada na quinta-feira, num percurso de 86,3 km entre Bauru e Ribeirão Preto. Daniel Soeiro cruzou a linha de chegada na frente, em 1h58min19s, seguido pelo companheiro de equipe Patrique Azevedo e pelo norte-americano Tim Larkin, da Toshiba Aerospace Engineering.

Essa foi a terceira vitória da equipe de Suzano em seis etapas da Volta. O paulista André Grizante venceu as duas anteriores e n quinta, com duas etapas de antecipação, confirmou o título da meta volante.

“Foi sensacional para a equipe termos conseguido os dois primeiros lugares, o que comprova que todos os nossos ciclistas são capazes de vencer. Por outro lado, o André Grizante se envolveu numa queda com vários outros ciclistas e perdeu um tempo precioso”, disse o técnico da Extra Caloi, Mauro Ribeiro.

“Acidentes acontecem, mas hoje tivemos azar. Depois da queda, o Grizante ficou enroscado e teve de esperar todo mundo levantar antes de voltar a competir”.

Após a sexta etapa, a liderança da Volta de São Paulo permanece com o catarinense Márcio May, com16h 28min 08s. José Aparecido dos Santos, o Zezinho, em quinto lugar, ainda é o melhor da Extra Caloi,com 16h28min48s. Na classificação por equipes, a liderança é da seleção da Argentina, com 49h27min04s.A Extra Caloi está em quarto com 49h27min24s.

Com a queda sofrida na quinta, Grizante chegou um minuto atrás de Soeiro, mas não pode mais ser alcançado por nenhum adversário na meta volante.

“Ele demonstrou que está numa fase muito boa e essa conquista é resultado do trabalho e do esforço que ele realizou mesmo na época de festas do final do ano passado. O Grizante merece”, disse Mauro Ribeiro.

Na disputa do Prêmio de Montanha, a Extra Caloi também está na briga. “O Patrique subiu para a segunda colocação e, agora, poderá ser ajudado pelo Grizante. Estamos no páreo”, disse Mauro Ribeiro.

Nesta sexta-feira, na sétima etapa da Volta de São Paulo, os ciclistas disputam uma prova contra-relógio individual, de 23 quilômetros, também em Ribeirão Preto.

“Nesta etapa acontece a definição do campeonato. Quem estiver na liderança após a prova contra-relógio dificilmente será ultrapassado na classificação geral”, disse o técnico da Extra Caloi.

“A contra-relógio representa 80% da Volta de São Paulo e é, sem dúvida, a parte mais difícil da competição. O segredo é muita concentração e um violento esforço físico”, disse Mauro, que aposta em Zezinho como esperança de pódio da equipe de Suzano nesta etapa.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em