Após dia ruim, Robert Scheidt perde vantagem de 20 pontos

Os dois dias sem competir na Pré-Olímpica de Atenas não fizeram bem ao hexacampeão mundial e tricampeão pan-americano da classe Laser Robert Scheidt. Na terça-feira (26), antepenúltimo dia de competição na região de Agios Kosmas, o brasileiro disputou

  
  

Os dois dias sem competir na Pré-Olímpica de Atenas não fizeram bem ao hexacampeão mundial e tricampeão pan-americano da classe Laser Robert Scheidt.

Na terça-feira (26), antepenúltimo dia de competição na região de Agios Kosmas, o brasileiro disputou três regatas e ficou na 11ª, 5ª e 24ª posições.

Com o fraco desempenho, Scheidt perdeu a vantagem de 20 pontos que tinha em relação ao sueco Daniel Birgmark, que estava em quarto, e agora os dois dividem a liderança da disputa com 42 pontos perdidos (já com descarte). O croata Mate Arapov está em terceiro com 46 pontos perdidos.

“Tive um dia muito ruim nesta terça e meus adversários aproveitaram. Os ventos estavam fracos e inconstantes e não velejei bem.

Na última regata, tentei uma tática que não deu certo e ainda tive de cumprir uma penalização por ter colidido com o português Gustavo Lima”,comentou o velejador, que é patrocinado pelo Banco do Brasil, Bingo Augusta, Varig e Volvo Car Brasil e integra a Equipe Petrobras de Vela.

O 24º lugar desta terça passou a ser o descarte do brasileiro, que agora tem de contabilizar a 15ª colocação obtida na primeira regata do campeonato.

Campeão da Pré-Olímpica de Atenas em 2002, o sueco Birgmark teve um bom desempenho na terça ao obter um quinto, um segundo e um quarto lugares. Com isso, ele pulou da quarta para a primeira posição ao lado de Scheidt.

O sueco está descartando até o momento uma 12ª colocação, mas leva desvantagem no primeiro critério de desempate, pois venceu somente uma regata até o momento, enquanto Scheidt venceu duas.

Como a falta de ventos provocou o cancelamento das duas regatas previstas para segunda-feira, a programação da Pré-Olímpica de Atenas foi modificada. Assim, a folga desta quarta-feira foi suspensa e uma regata está programada. Na quinta-feira acontece a última prova do campeonato.

“Preciso esquecer o que aconteceu nesta terça e pensar somente nas duas últimas regatas do campeonato. O segredo é velejar certinho e tentar chegar sempre à frente do Birgmark”, afirmou Scheidt,atual 2o.colocado do ranking da Federação Internacional de Vela (ISAF).

A Semana Pré-Olímpica de Atenas está sendo realizada pelo segundo ano consecutivo na mesma raia e com organização e estrutura idênticas às dos Jogos Olímpicos de 2004. No ano passado, Scheidt terminou a competição no 12º lugar. Em setembro, o desafio do iatista será em Cadiz, na Espanha, onde ele vai brigar pelo heptacampeonato mundial.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em