Brasileiros tentam recuperar o título da Copa América

Apesar da participação de estrangeiros de alto nível técnico, que representarão Argentina, Uruguai, Portugal e Estados Unidos, os ciclistas brasileiros entram na quinta edição da Copa América, que será disputada neste domingo, com o objetivo de recuperar

  
  

Apesar da participação de estrangeiros de alto nível técnico, que representarão Argentina, Uruguai, Portugal e Estados Unidos, os ciclistas brasileiros entram na quinta edição da Copa América, que será disputada neste domingo, com o objetivo de recuperar o título da competição.

A prova, vencida no ano passado pelo uruguaio Alem Rayes, está marcada para as 10 horas, no circuito do Autódromo de Interlagos, em São Paulo, com transmissão ao vivo pela TV Globo.

O retrospecto da competição mostra equilíbrio, com duas vitórias para o Brasil e duas para ciclistas do exterior. O paulista André Grizante e o paranaense Renato Rohsler, ambos hoje na Extra/Suzano, venceram as edições de 2001 e de 2003.

Em 2002, o ganhador foi o norte-americano John Lieswyn, enquanto Rayes brilhou no ano passado.

“Temos bons atletas e ótimas condições para dar mais um título para o Brasil”, disse Nilceu Aparecido dos Santos, da Scott/ Marcondes César/Fadenp/São José dos Campos, vencedor da 9 de Julho, do Meeting Internacional de Goiânia e do Desafio Extra de Fórmula-1 em 2004.

“Temos de respeitar todos os participantes e vamos tentar fazer o melhor.”

Além de Nilceu, Grizante e Rohsler, também são favoritos Armando Camargo, terceiro colocado na prova do ano passado, Daniel Rogelin e Antônio Nascimento, todos da Memorial/Santos; Rodrigo Morcegão de Brito, da Extra Suzano; Jean Carlo Coloca e Robson Figueiredo, o Robinho, da Scott.

A prova da categoria Elite masculina terá entre oito e dez voltas no circuito. Além da premiação para os ciclistas mais bem colocados na classificação geral, a competição dará bônus para as metas volantes. Ao todo, serão distribuídos cerca de R$ 21 mil em prêmios.

O evento é aberto a ciclistas de todas as idades. As categorias da prova são as seguintes: elite, masculina e feminina, master (acima de 40 anos), open speed (sub-30, juvenil, sênior A e universitários), open juvenil (12 a 15 anos), open infantil (9 a 11anos), kids (5 a 8 anos) e free-power MTB e free-power Speed (a partir de 16 anos).

A V Copa América de Ciclismo é uma realização e organização da Rede Globo de Televisão e Yescom. A supervisão é da Federação Paulista de Ciclismo, Confederação Brasileira de Ciclismo e União Ciclística Internacional, com apoio da Prefeitura do Município de São Paulo, do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer do Estado de São Paulo. O patrocínio é da Oi, Sedex, Goodyear, Wizard e Siemens.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em