Brasília-DF sediará Campeonato Mundial de Pára-Quedismo

Com apoio da Embratur, 8 eventos já foram captados para o Brasil em 2004; Confederação Brasileira de Pára-quedismo espera 300 atletas na capital participando do mundial A Confederação Brasileira de Pára-quedismo (CBP), com apoio, entre outros, da Embra

  
  

Com apoio da Embratur, 8 eventos já foram captados para o Brasil em 2004; Confederação Brasileira de Pára-quedismo espera 300 atletas na capital participando do mundial

A Confederação Brasileira de Pára-quedismo (CBP), com apoio, entre outros, da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), através da equipe responsável pela captação de eventos internacionais para o Brasil, conseguiu fazer com que Brasília sedie uma das modalidades do Campeonato Mundial de Pára-quedismo.

Pela primeira vez, o Instituto possui uma diretoria de Turismo de Negócios e Eventos que, no ano passado, envolveu-se com 33 projetos, resultando na captação de 11 eventos para o país. Nesse ano, 15 processos estão em andamento e 8 eventos tiveram sua captação concluída.

No dia 1º de fevereiro, durante o 55º FAI/IPC Plenary Meeting 2004, a Fédération Aéronautique International (FAI) anunciou em Lisboa (Portugal) a confirmação de Brasília para sediar o Mundial de Pára-quedismo, que acontece de 3 a 19 de setembro deste ano. A candidatura da cidade foi feita há um ano pela Confederação Brasileira de Pára-quedismo com apoio da Embratur, Ministério dos Esportes, Brasília Convention & Visitors Bureau e a empresa de consultoria Hedge.

A CBP apresentou amplo material de apoio em reunião e contou com a colaboração da Varig para a viabilização das passagens aéreas a Lisboa.

As edições anteriores aconteceram em Gap (França) em 2003, Viena (Áustria) em 2002 e Granada (Espanha) em 2001. Participarão da competição 300 atletas vindos de 34 países. A CBP estima o fluxo total de público de 700 pessoas, 90% dos quais estrangeiros, e uma entrada aproximada de US$ 400 mil.

`Imagino que o Mundial será a grande alavanca do esporte no Brasil, que tem mais de 30 mil praticantes no país`, afirma Cezar Assreuy, vice-presidente da CBP e presidente do Comitê Organizador do Campeonato Mundial de Pára-quedismo.

`Além disso, é uma grande divulgação do Brasil e da sua capital, com a presença da mídia internacional mostrando que temos infra-estrutura para o esporte`, completa.

Em função do grande sucesso do evento, a partir deste ano o Mundial acontecerá em duas fases distintas, a de Brasília, com a modalidade Eventos Artísticos, e outra na Croácia, que acontece uma semana depois, com as modalidades Trabalho Relativo e Precisão.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em

Matheus Abé Rocha

Matheus Abé Rocha

05/01/2009 14:10:21
Gostaria de saber se os idosos tem direito à algun desconto em diária de Hotel. Se tiver, informar a lei que ampare este desconto. Se não tiver esta lei, sugiro que a Embratur junto a quem de direito venha nos conceder este direito, o Brasíl está ficando país de gente velho, e com este desconto os hoteis ficaria mais barato e os antigos poderia viajar mais.
Obrigado,
Matheus Abé.