Martinica sediará campeonato de surf classificatório para o mundial

Considerada uma região ultramarina da França, a Martinica está entre os destinos mais fascinantes e encantadores do mundo.

  
  

Ondas excepcionais, surf de alto nível, público entusiasta, gente linda circulando por praias de beleza indescritível, em uma das ilhas mais espetaculares do Caribe francês.

Esse é o cenário do próximo Martinique Surf Pro, única prova no Caribe classificatória para o Campeonato Mundial de Surf, que acontece na Martinica, em Basse Pointe, de 1 a 8 de abril. São esperados os melhores surfistas do mundo - no ano passado competiram cerca de 140, com participantes brasileiros, inclusive, para mostrar suas manobras incríveis em ondas perfeitas e desafiadoras.

Estima-se para 2017 um público de mais de dez mil participantes, repetindo o sucesso das duas primeiras edições anteriores / Divulgação

O vencedor da etapa em 2016 foi o português Frederico Morais, conquistando a primeira vitória da carreira, aos 24 anos.

Para a etapa atual, a organização irá introduzir um evento do WQS feminino e estuda a possibilidade de aumentar o valor da prova, uma ótima noticia para o surf mundial, e sobretudo para o europeu, já que a Martinica pertence à França, o que leva muitos surfistas do velho continente a competir por lá. Fato notório é a qualidade dos surfistas que participam, todos de altíssimo nível, contribuindo para a importância da prova. Mas não é só de ondas que o evento vive.

Durante sua realização há várias atividades culturais, muita música e eventos que transmitem o vibrante e alegre estilo de vida local e empolgam quem está presente, com uma atmosfera e “vibe” única, para o esporte, cultura, entretenimento e experiências genuínas da região.

Estima-se para 2017 um público de mais de dez mil participantes, repetindo o sucesso das duas primeiras edições anteriores.

O Martinique Surf Pro é oportunidade única para visitar este verdadeiro jardim à beira-mar, conhecido como Flor do Caribe, com cores vibrantes jamais vistas em paletas mundo afora, abundante fauna marinha, povo hospitaleiro que une o charme francês com a genuína origem africana, e temperatura agradável o ano inteiro, em torno de 26 graus.

Terra dos ritmos caribenhos como o Zouk,semelhante à salsa, das especiarias exóticas, do rum, da banana e da autêntica cozinha créole. Ao provar seus pratos exóticos, nota-se o refinamento francês, especiarias indianas, picantes ingredientes nativos e a abundância da cozinha africana. Martinica é um prato cheio para todos os sentidos.

Sobre a Martinica

Considerada uma região ultramarina da França, a Martinica está entre os destinos mais fascinantes e encantadores do mundo.

A moeda é o Euro, a bandeira é Azul-Branca-Vermelha, e a língua oficial é o francês, mas sua culinária, herança musical, arte, cultura e língua comum possuem um traço afro-caribenho conhecida como Creole Martiniquais.

A combinação de conveniências do mundo moderno, natureza intocada e rica herança fez com que a Martinica ganhasse diversas distinções notáveis ​​nos últimos anos, como o destino "Must-Visit" em 2015 pelo Caribbean Journal e o "Melhor Destino do Caribe" pelo site About.com.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: Lucia Paes de Barros

  
  

Publicado por em