Boa Esperança sediará o Campeonato Brasileiro de Moto Aquática

A expectativa da Associação Brasileira de Jet Sports – BJSA é que mais de 15 mil pessoas compareçam nos quatro dias de evento

  
  
O 25º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (Jet Ski) também definirá os pilotos nacionais que disputarão o 31º Campeonato Mundial / Divulgação

A cidade de Boa Esperança, no Sul de Minas Gerais

recebe pelo 15º consecutivo, o Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (Jet Ski).

As disputas das duas últimas etapas da 25ª edição da competição serão realizadas de 7 a 10 de junho, na Represa de Furnas. A expectativa da Associação Brasileira de Jet Sports – BJSA, organizadora do campeonato, é que mais de 15 mil pessoas compareçam nos quatro dias de evento, que contará com as presenças de pilotos de vários Estados e convidados internacionais.

Luiz Marcelo Teixeira, Pardal, presidente da BJSA, não esconde a satisfação em poder realizar mais uma vez duas etapas da tradicional competição no município mineiro.

“Essa temporada é especial, pois estamos comemorando 25 anos de realização do Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (Jet Ski) e Boa Esperança estará nos recebendo pelo 15º ano consecutivo e isso, sem dúvida, são dois motivos para uma grande festa.

O evento já faz parte do calendário oficial da cidade e certamente o público da região já vive a expectativa das disputas. O carinho com que o público recebe a equipe da organização e pilotos, cativa a todos”, ressaltou.

O 25º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (Jet Ski) também definirá os pilotos nacionais que disputarão o 31º Campeonato Mundial, que será realizado de 29 de setembro a 7 de outubro, em Lake Havasu, no Arizona (EUA).

De uma maneira geral, Pardal gostou do desempenho dos pilotos na primeira etapa, realizada no início do mês em São Paulo e acredita que em Boa Esperança as disputas serão ainda mais acirradas.

“O nível técnico dos pilotos está muito bom, as equipes investiram nos equipamentos e as baterias dessas duas próximas etapas serão empolgantes. Quem está na frente tentará manter a posição e os adversários lutarão para assumir a ponta. Nessa briga, quem ganhará é o público”, acrescentou.

Estarão participando da segunda e terceira etapas, pilotos dos Estados de São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais, além de convidados da Bolívia, Uruguai e Paraguai.

PROGRAMAÇÃO:

- No dia 6, recepção dos pilotos, e acerto dos motores.

- No dia 7, das 9 às 11 horas inscrições dos pilotos e vistoria. Às 11 horas treinos livres da segunda etapa. Às 13 horas começam a primeira série bateria das categorias do circuito fechado, seguidas pela Super Course às 16 horas será disputada a primeira bateria do Freestyle.

- No dia 8, às 10 horas, tomadas de tempo das categorias Super Course. Às 11 horas, segunda série de baterias do circuito fechado. Das 12h20 às 13 horas – almoço. Às 13 horas, prosseguem a segunda série de bateria do circuito fechado, seguidas pela Super Course. Às 16 horas segunda série de baterias do Freestyle.

- No dia 9, às 10 horas tem início a programação da terceira e última etapa, com as tomadas de tempo da categoria Super Course, seguida da primeira série de baterias do circuito fechado. Das 12h30 às 13 horas – almoço. Às 13h30 prosseguem as categorias do circuito fechado, seguidas pela Super Course. Às 16h30 será disputada a primeira bateria do Freestyle.

- No dia 13, às 13 horas tem início a segunda série de bateria do circuito fechado, seguida da Super Course. Às 15h30 a segunda série de baterias Freestyle. Às 16 horas premiação segunda e terceira etapas e do campeonato.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Renato Fabretti

  
  

Publicado por em