EMA

A Expedição Mata Atlântica foi a primeira corrida de aventura brasileira, realizada anualmente, tendo começado em 1998. Organizada pela Sociedade Brasileira Multisport Adventure Race - SBMAR, ela tem como objetivo aliar esportes de aventura a preservação

  
  

A Expedição Mata Atlântica foi a primeira corrida de aventura brasileira, realizada anualmente, tendo começado em 1998. Organizada pela Sociedade Brasileira Multisport Adventure Race - SBMAR, ela tem como objetivo aliar esportes de aventura a preservação do meio ambiente.
A primeira edição teve um percurso de 220km, de Paraibuna até Ilhabela (SP) por dentro da Mata Atlântica e foi vencida por uma equipe Neozelandesa. Em 99, uma equipe brasileira surpreendeu e venceu a competição, que teve um percurso de 400km para a categoria Extrema, 350km para a Aventura e 250km para Alternativa. As modalidades geralmente são: trekking, orientação, técnicas verticais/rapel, canoagem, rafting, mountain bike, caverna e natação.
As equipes são formadas por 3 pessoas, com pelo menos 1 do sexo oposto. Há equipe de apoio com no máximo 2 integrantes.
Em 2000 foi lançado o Circuito Brasileiro de Corridas de Aventura - CBCA - reunindo as principais corridas do país e funcionando como um treinamento para a EMA. Além disso, as premiações trazem bônus para a inscrição na EMA, garantindo a vaga das equipes vencedoras. As corridas do circuito são: Petar 2000, Litoral 2000, Raid Brotas Extreme e Desafio Costa do Sol.

  
  

Publicado por em