O Rally Ecológico de 2010 largará em Várzea Grande

Terá como destino a cidade de Nobres, MT, um verdadeiro paraíso ecológico, que começa a despontar todo o seu potencial turístico

  
  

Pilotar 500 quilômetros por entre trilhas, atravessar riachos, subir e descer serras, enfrentando lama, poeira e pedras são ações que exigem muito dos pilotos, porém, em provas de rali de regularidade, o navegador é fundamental, principalmente, após o lançamento do sistema de apuração por GPS, que controla sistematicamente todos "os passos" e segundos das equipes ao longo de todo o certame.

Com um computador de bordo na mão e acostumados a brigarem por segundos, os copilotos que participarem do 9º Rally Ecológico terão que trabalhar dobrado entre os dias 27 e 28 de novembro. É que pela primeira vez, um evento off-road no Mato Grosso terá a cronometragem apurada de acordo com as competições nacionais (via GPS), onde os décimos de segundos valem importantes pontos que influenciam diretamente no resultado final da competição.

O Rally Ecológico de 2010 largará em Várzea Grande, e tem como destino a cidade de Nobres, MT, um verdadeiro paraíso ecológico, que começa a despontar todo o seu potencial turístico.

De acordo com o diretor da Federação de Motociclismo de Mato Grosso, Haroldo Pires, também diretor do Rally Ecológico, esta cronometragem será efetuada somente na categoria Máster, e a ideia é fazer com que a AMFE - Associação Matogrossense de Fora de Estrada - promotora do campeonato estadual, adote o sistema a partir da temporada 2011.

"O objetivo é preparar nossos navegadores e pilotos para disputarem grandes competições fora do estado, e quem sabe, do País", ressaltou Pires.

Fonte: Isis Moretti

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em