O Rally Ecológico visa despertar a necessidade da preservação ambiental entre os competidores

Este evento foi o pioneiro no plantio de árvores, na coleta e destinação de resíduos, na distribuição de alimentos e materiais escolares

  
  

Tem largada no próximo sábado, 27 de novembro, no Posto Morada San Remo/Shell, em Várzea Grande, MT. A 9ª edição do Rally Ecológico 2010 seguirá para Nobres, MT, e já conta com a participação 60 duplas de carros: Máster 4x4, Turismo, Expedition e 4x2. E 70 motos: Máster, Novatos e Quadriciclos.

Criado em 2002 para resgatar a categoria Turismo e despertar a necessidade da preservação ambiental entre os competidores, o evento se consolidou como a maior do gênero no País, sendo responsável pela modernização do esporte no Mato Grosso.

"O Rally Ecológico, que se transformou em uma marca registrada, foi o pioneiro no plantio de árvores, na coleta e destinação de resíduos, na distribuição de alimentos e materiais escolares. Também abriu as portas aos off-roaders "novatos", dos quais hoje, se tornaram grandes pilotos e navegadores.

Todos participaram do crescimento e são responsáveis por essa evolução, que fez do Ecológico, um ótimo laboratório", destacou Luiz Galvan, diretor geral da LG Esportes, promotora da competição.

Douglas Braz, diretor técnico, lembrou que o evento foi o primeiro a realizar um Prólogo, a criar produtos oficiais com a marca e a empregar o uso de GPS no levantamento e na apuração."Sinto-me orgulhoso de fazer parte dessa equipe", disse Braz.

Já Haroldo Pires, também diretor técnico, comentou da importância do Ecológico para a divulgação do turismo do Estado e a presença das famílias no certame.

"Nestes oito anos, percorremos boa parte do Mato Grosso, divulgando ao Brasil, regiões como a da Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Jaciara, Rondonópolis, Manso, Cáceres e Poconé. Agora é a vez de Nobres", disse satisfeito.

Fonte: Isis Moretti

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em