Piloto de Rondônia está na elite do rali nacional

As equipes treinaram em uma pista de aproximadamente 3,2 quilômetros, com saltos, cotovelos em areia solta com facões e curvas de alta velocidade

  
  
Julio Bonache e Humberto Ribeiro /Zarhi El Malek

O piloto Julio Bonache e o navegador Humberto Ribeiro, da Rondônia Racing, estiveram na sexta-feira passada, dia 27 de março, na Fazenda Solar das Paineiras, em Mogi Guaçu

, SP. Eles integram um seleto grupo de dez duplas do cross-country nacional que foram convidadas pela Mitsubishi Motors do Brasil a competir com o lançamento da marca, a Triton RS, versão para rali. A picape estreará uma nova categoria na Mitsubishi Cup, exclusiva a esses participantes.

Para apresentar o modelo, a empresa realizou um treino coletivo, onde todos os competidores conheceram o carro, a estrutura que poderão usufruir durante as etapas, os mecânicos que farão a manutenção nas máquinas e toda a logística que será fornecida.

“Recebemos dicas de pilotagem, prestando atenção no comportamento da Triton e nas respostas que ela dava em cada manobra. Estou muito orgulhoso, pois tudo isso é inesperado e trata-se de uma resposta positiva de nossos trabalhos dentro das pistas. Somos novatos no rali e esta será a terceira temporada que participaremos. Estar entre os dez escolhidos é espetacular”, emocionou-se Bonache. As picapes são de propriedade da Mitsubishi e os off-roaders não têm autorização para pintá-las ou alterar componentes.

Segundo o piloto, a Triton RS é V6 (seis cilindros), 250 cv, movida a álcool, câmbio curto, pedaleiras de freio e aceleração bem justas.

“O conceito deste carro de competição é totalmente inovador para a categoria, pois alia a estrutura de velocidade com um veículo ecologicamente correto, sem deixar de ser competitivo”, explicou.

As dez unidades são exatamente iguais: a preparação é de fábrica e todas as regulagens e ajustes (amortecedor, turbina, motor, calibragem etc) serão idênticos durante a temporada.

As equipes treinaram em uma pista de aproximadamente 3,2 quilômetros, com saltos, cotovelos em areia solta com facões, curvas de alta velocidade, tudo em um terreno bem diversificado. Cada time teve direito a 15 voltas alternadas.

“Adaptamos-nos rapidamente ao modelo, que possui uma saída de suspensão incrivelmente estável, proporcionando confiança nas entradas e saídas de curvas e saltos. Fiquei admirado com a estabilidade e velocidade da picape”, salientou o navegador Ribeiro.

A prova de estreia será no dia 25 de abril, em Ribeirão Preto, SP, na 1ª etapa da Mitsubishi Cup 2009. “É grande a expectativa para esse início de campeonato. Não vemos a hora de acelerar oficialmente a máquina e dar trabalho aos nossos concorrentes. Será um ano muito interessante e de grandes lições para nós”, encerrou o piloto.

Rondônia Rally Team tem patrocínio do Governo de Rondônia, Quali Plásticos e apoio LF Imports Concessionária Mitsubishi Porto Velho.

Fonte: Del Valle Editoria / Liberdade de Ideias

www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em