Salvini Racing vence o Rally dos Amigos e conquista o Campeonato Brasileiro

Para 2009, a Salvini Racing investirá na estrutura da equipe, a fim de retomar o título no Rally dos Sertões

  
  
Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country/José Mario Dias

O Rally dos Amigos encerrou no sábado, 6 de dezembro, a temporada 2008 do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country. Válida pela 6ª etapa, a competição aconteceu em Itatinga, SP, em um percurso bastante técnico e difícil, de aproximadamente 160 quilômetros, que exigiu resistência dos veículos e dos competidores.

Na categoria Caminhões, do contrário que se pensava, o título ainda não estava decidido. Ainda restava uma chance da Salvini Racing buscar a vitória entre os navegadores, e conquistar o quarto título para o time (pelo regulamento do campeonato, pilotos e navegadores pontuam separadamente).

Para a Salvini Racing, apenas a vitória no Rally dos Amigos reverteria essa situação, e desta forma se seguiu: do lado esquerdo da boléia do caminhão Mercedes-Benz Atego 1725, estava o piloto Guido Salvini: olhos atentos ao trajeto, braços firmes e habilidosos ao volante e pés que se alternavam de uma pedaleira para a outra (acelerador, freio e embreagem) com rapidez e sincronismo, e todos comandados por um raciocínio rápido e certeiro que tinha um único objetivo: vencer a competição.

Ao lado, de posse da planilha que indicava o roteiro e seus obstáculos, o navegador Weidner Moreira: precisão na leitura do livro de bordo, indicando o nível de cada curva e orientando o piloto no tipo de condução. E o co-piloto Fernando Chwaigert, que conhece cada ruído do Atego e constantemente faz orientações sobre o comportamento da máquina, além de apoiar os demais tripulantes em suas funções.

E foi como um vulcão, que feroz libera toda sua energia e sai arrastando tudo o que vê pela frente, que a Salvini Racing venceu o Rally dos Amigos com uma vantagem de quase três minutos. “Abusamos da potência do motor do Atego, confiando plenamente na resistência de todo o equipamento. Arrisquei durante todo o certame, ignorando as lombadas. Mas tudo isso, é claro, contando com a navegação precisa de um navegador campeão”, declarou Salvini.

O trio largou para a prova na segunda posição, atrás do seu principal concorrente, os veículos largam sempre de dois em dois minutos. “Aceleramos tanto, que no km 80 já conseguimos ultrapassá-lo. A sensação foi de meio dever cumprido, pois não podíamos diminuir nosso rendimento dentro da disputa e ainda dependeríamos do desempenho dos outros participantes. Só quando o último caminhão cruzou a linha de chegada e a classificação foi oficializada, é que comemoramos essa conquista”, relatou Moreira, que salientou.

“O Guido também levou esse título, pois devido as características do terreno, a pilotagem foi bem complicada. O caminhão andou de lado por várias vezes. Ele arriscou tudo para me colocar no primeiro lugar do pódio. Avalio que num Rally dos Amigos, o resultado depende muito mais do piloto do que do navegador, então, para nós, ele também é campeão, pois se não fosse ele, eu não estaria aqui”, reconheceu.

Oficialmente, Salvini conquistou o vice entre os pilotos, com Amable Barrasa sagrando-se o campeão. Eduardo Sachs ficou em segundo lugar entre os navegadores.

Para 2009, a Salvini Racing investirá na estrutura da equipe, a fim de retomar o título no Rally dos Sertões, buscar o pentacampeonato Brasileiro e o título inédito na Copa RallySP.

Fonte: Salvini Racing

  
  

Publicado por em