Niterói Rally Team realiza mais uma ação do Projeto Agir

Foram doadas 20 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica, que serão plantadas em locais públicos do município, onde toda a população será beneficiada.

  
  

Foi com muita admiração e respeito, que o presidente da ONG Trilhos do Jequitiba, Hilário Argemiro, recebeu as mudas doadas pelo Projeto AGIR - ação ambiental desenvolvida pela Niterói Rally Team que visa neutralizar o gás carbônico lançado ao ar pelo veículo da equipe, durante as disputas em que participa.

O ato simbólico aconteceu na véspera da 4ª etapa da Mitsubishi Cup Sudeste, realizada no último sábado, dia 03 de julho, em Jaguariúna, SP. Foram doadas 20 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica, que serão plantadas em locais públicos do município, onde toda a população será beneficiada.

A entrega das mudas ocorreu no Parque Linear da cidade, e estiveram presentes o diretor de agropecuária e meio ambiente da Secretária de Gestão Ambiental, Augusto Rudge Simon, e demais voluntários da ONG Trilhos do Jequitibá.

"Ter a oportunidade de compartilhar com a Niterói Rally Team uma ação ambiental em nossa cidade, é motivo de muita satisfação e alegria. Por isso, fiz questão de dividir este momento com toda a equipe da ONG e seus apoiadores", declarou Hilário Argemiro.

Segundo o presidente da instituição, as pessoas têm se conscientizado da importância de preservar o meio ambiente e de participar de atividades sociais, que encorajam a buscar novos parceiros para desenvolver importantes projetos.

"A ONG Trilhos do Jequitibá está em sintonia com o AGIR, pois o meio ambiente é o nosso "trilho", e as pessoas, em especial, as crianças, são as sementes que no futuro serão os ‘Jequitibás’, que salvarão o nosso planeta", aprofundou o ambientalista.

Para o coordenador do Projeto AGIR, Ricardo Barra, conciliar ações sociais e ambientais à pratica esportiva tem apresentado excelentes resultados. "Nesta etapa conseguimos mobilizar, através da parceria com a ONG Trilhos de Jequitibá, o poder municipal e empresários locais em torno das propostas do projeto AGIR, e será através de mobilizações como estas que atingiremos o objetivo maior de contribuir para a preservação do nosso planeta", salientou Barra.

E dentro das pistas...

Depois de cumprido o seu compromisso ambiental, a Niterói Rally Team se concentrou para buscar as primeiras colocações da 4ª etapa da Mitsubishi Cup, que reuniu um grid de 54 duplas na Fazenda Meia Lua. Os competidores estiveram divididos em quatro categorias: 19 TR4 R Light, 10 TR4 R, 15 L200RS e 10 L200 Triton RS.

A prova teve 41,90 quilômetros, e foi extremamente rápida, com diversas curvas fechadas (90 graus) e ganchos (180 graus). O carro da equipe tripulada pelos irmãos Rodrigo e Ronald Leis, que disputam o título entre as L200 RS, teve algumas dificuldades de ordem mecânica na segunda e terceira volta, e, além disso, enfrentaram problemas com ultrapassagens na primeira volta do dia.

"Com 10 quilômetros de corrida, já encostamos no adversário da frente, porém, ele não nos deu passagem, contrariando o código de ética existente entre os competidores. Ficamos nesta situação, por aproximadamente 12 quilômetros. Depois disso, ainda pegamos mais outra equipe, que também demorou a nos dar passagem", relatou Ronald.

A Niterói Rally Team obteve a 9ª coloção na etapa, o que a coloca na 5ª posição da classificação geral do campeonato, com 104 pontos (a apenas um ponto dos terceiros colocados).

Os vencedores da categoria na etapa foram Renato Rosales e André Bergamo Júnior, seguidos por Juliano Diener e Vitor Muench, e Peterson de Oliveira e Gilson Rocha, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Fonte: Isis Moretti

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em