Paulista de Motonáutica 2008 é atração no Water Cross Tour

A forma de disputa é em circuito oval, corrida de velocidade, multiplas voltas, consistindo de curvas para a esquerda.

  
  
As disputas serão nas categorias Stock Boat, Cracker Box, Fórmula Indy / Renato Fabretti

A disputa do Campeonato Paulista de Motonáutica FPENM 2008 é uma das atrações do Water Cross Tour, que tem a primeira das quatro etapas previstas, para os dias 16 e 17 de agosto, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. Também será realizado conjuntamente o Campeonato Paulista de Jet Ski BJSA.

De acordo com o regulamento da FPENM, a competição será na Classe Inshore e os pilotos serão divididos nas categorias Stock Boat, Cracker Box Stock e Fórmula Indy. A forma de disputa é em circuito oval, corrida de velocidade, multiplas voltas, consistindo de curvas para a esquerda.

Na categoria Cracker Box Stock o comprimento do casco é liberado e deverá ser monoposto de fundo chato. Os motores originais são aspirados, sendo permitidos de seis cilindros em linha (Ford/GM), seis cilindros em V (Ford/GM) e oito cilindros em V (Crysler 318 e Ford 296/302).

Na Fórmula Indy o comprimento e o material do casco são liberados. Deverá ser hidroplano, monoposto, navegação em “três pontos”, sendo que o sponson não deverá ultrapassar a medida de 60% do comprimento total do casco. O motor deve ser aspirado, permitindo seis cilindros em linha, da GM nacional.

A pontuação do Campeonato Paulista de Motonáutica para cada etapa nas categorias Cracker Box Stock e Fórmula Indy é a seguinte: 1º - 400 pontos; 2º – 300; 3 – 225º; 4º - 169; 5º –127; 6º – 95; 7º - 71; 8º – 53; 9º – 40; 10º – 30; 11º -22 e 12º –17 pontos. Além disso o piloto recebe pontos na classificação da tomada de tempo. O campeão de cada categoria é aquele que ao final das quatro etapas do campeonato somar o maior número de pontos.

Na categoria Stock Boat, o casco possui um desenho padrão, o qual não pode ser alterada nenhuma das características originais do convés e no fundo do monocasco. O único motor permitido é Mercury 150hp – Optimax, incluindo todos os seus componentes internos e externos, originais, e/ou lacrados, revisado, e reparado pela empresa responsável pelos motores.

Nenhum competidor, sob hipótese alguma poderá alterar, retirar e/ou modificar as peças do motor, bem como, não fazer polimento nas partes internas ou qualquer outra modificação, e ainda, não fazer nenhuma alteração na parte eletrônica, sob pena de punição.

Em cada etapa serão atribuídos pontos aos pilotos conforme a ordem de chegada, até o décimo sexto lugar, desde que complete o mínimo de 2 (duas) voltas realizadas pelo vencedor, de cada bateria, de acordo com o seguinte critério: 1º - 20 pontos; 2º - 17; 3º - 15; 4º - 13;5º - 12; 6º - 11;7º - 10;8º - 9;9º - 8;10º - 7;11º - 6; 12º - 5;13º- 4;14º - 3;15º - 2 e 16º - 1 ponto.

Será computado em todas as etapas 01 (um) ponto extra ao piloto que obtiver a pole position na classificação da primeira bateria de cada evento. O campeão será aquele que somar mais pontos ao término das quatro etapas.

A programação do Water Cross Tour, referente ao Campeonato Paulista de Motonáutica FPENM é a seguinte: dia 16 (sábado) – das 10 às 12 horas, inscrições, vistorias e treinos. No dia 17 (domingo), as competições serão realizadas das 11 às 12h30.

No Campeonato Paulista de Jet Ski – BJSA 2008, a movimentação no dia 16 (sábado) começa às 11 horas, com as inscrições dos pilotos, seguidas pela vistoria dos equipamentos. Os treinos oficiais começam às 12h15 e prosseguem até às 13 horas e, meia hora depois começam as baterias oficiais e no final acontece a tomada de tempo da categoria Super Course. No dia 17 (domingo), a partir das 13h30, será realizada a segunda série de baterias para todas as categorias.

Fonte: ROF

  
  

Publicado por em