Pilotos de motonáutica treinam para a segunda etapa do Water Cross Tour

De acordo com o regulamento da FPENM, a competição está sendo disputada na Classe Inshore e os pilotos estão divididos nas categorias Cracker Box Stock e Fórmula Indy

  
  
A forma de disputa é em circuito oval, corrida de velocidade / Renato Fabretti

A competição, que corresponde ao Campeonato Paulista da FPENM será realizada nos dias 13 e 14, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires. Os pilotos do Grande ABC estão muito bem na classificação, principalmente na categoria Cracker Box

Os pilotos que participam do Water Cross Tour, que corresponde ao Campeonato Paulista de Motonáutica FPENM, treinam neste final de semana, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires, onde nos dias 13 e 14 será realizada a segunda, das quatro etapas, previstas da competição. Em conjunto também está sendo disputado o 15º Campeonato Paulista de Jet Ski BJSA.

Além dos treinamentos no sábado e domingo os pilotos vão aproveitar para fazer os acertos nos motores, pois um bom resultado nesta segunda etapa é fundamental na luta pelo título. Todos esperam um rendimento satisfatório de seus equipamentos. A expectativa da Federação Paulista de Esportes Náuticos a Motor (FPENM) é que os competidores que não puderam participar da etapa de abertura, marquem presença de agora em diante. Todos continuarão com chances de ser campeão, pois haverá descarte de um resultado.

De acordo com o regulamento da FPENM, a competição está sendo disputada na Classe Inshore e os pilotos estão divididos nas categorias Cracker Box Stock e Fórmula Indy. A forma de disputa é em circuito oval, corrida de velocidade, multiplas voltas, consistindo de curvas para a esquerda.

Os pilotos do Grande ABC estão bem no Water Cross Tour, principalmente na categoria Cracker Box, que tem na liderança André Luís Gellis, seguido por Wagner Montanari (Toteka), ambos de Santo André. O terceiro colocado é o paulistano Eliseu Foglieni Júnior (Zito). O quarto colocado é Marcos Rusig, de São Bernardo do Campo.

Na categoria Fórmula Indy a liderança pertence ao paulistano Marcos Prado, seguido por Antonio Salvador (Toninho), de Riacho Grande. O paulistano Romário Baldini ocupa a terceira colocação e seu conterrâneo Dante Biachi Filho está em quarto lugar.

CATEGORIAS E PROGRAMAÇÃO

Na categoria Cracker Box Stock o comprimento do casco é liberado e deverá ser monoposto de fundo chato. Os motores originais são aspirados, sendo permitidos de seis cilindros em linha (Ford/GM), seis cilindros em V (Ford/GM) e oito cilindros em V (Crysler 318 e Ford 296/302). Na Fórmula Indy o comprimento e o material do casco são liberados. Deverá ser hidroplano, monoposto, navegação em “três pontos”, sendo que o sponson não deverá ultrapassar a medida de 60% do comprimento total do casco. O motor deve ser aspirado, permitindo seis cilindros em linha, da GM nacional.

A programação do Water Cross Tour, referente ao Campeonato Paulista de Motonáutica FPENM é a seguinte: dia 13 (sábado) – das 10 às 12 horas, inscrições, vistorias e treinos. No dia 14 (domingo), as competições serão realizadas das 11 às 12h30.

No Campeonato Paulista de Jet Ski – BJSA 2008, a movimentação no dia 13 (sábado) começa às 11 horas, com as inscrições dos pilotos, seguidas pela vistoria dos equipamentos. Os treinos oficiais começam às 12h15 e na seqüência acontece a tomada de tempo da categoria Super Course. No dia 14 (domingo), a partir das 13h30, será realizada as baterias para todas as categorias.

O Water Cross Tour tem a organização do Tahiti Náutica Club, com supervisão da Associação Brasileira de Jet Ski – BJSA e apoio da Federação Paulista de Esportes Náuticos a Motor – FPENM e o Portal do Jet Ski site www.jetski.com.br.

Mais informações nos sites: www.jetski.com.br

Fonte: ROF

  
  

Publicado por em

Cristiano Paula de oliveira

Cristiano Paula de oliveira

05/10/2008 20:12:28
Muito bom!!!
Fiquei impressionado com o evento na marina Tahiti.