Semana de Vela de Ilhabela bate recorde com 174 barcos

Ilhabela (SP) - A 29ª Semana de Vela de Ilhabela / Copa Mitsubishi Motors superou todas as expectativas e registrou a presença de 174 veleiros de oceano, recorde absoluto em sua história, com mais de 1.200 tripulantes. Com 50 barcos a mais do que na ediçã

  
  

Ilhabela (SP) - A 29ª Semana de Vela de Ilhabela / Copa Mitsubishi Motors superou todas as expectativas e registrou a presença de 174 veleiros de oceano, recorde absoluto em sua história, com mais de 1.200 tripulantes. Com 50 barcos a mais do que na edição passada, a semana se concretiza como a maior regata de oceano da América Latina, com representantes de várias partes do Brasil, quatro barcos argentinos, dois velejadores ingleses e um de Portugal.

Recorde de embarcações na Semana de Vela de Ilhabela

O evento começou na manhã de sábado (20) com a regata “Eldorado Alcatrazes”, com aproximadamente 50 milhas náuticas. Os barcos largaram no Canal de São Sebastião, próximo ao pier da Vila, no centro de Ilhabela, com ventos fracos, de apenas seis nós, e com temperatura agradável, cerca de 22 graus C. Logo depois, uma rajada de vento nordeste de 10 nós chegou a rasgar o balão de um dos barcos. Quando os líderes - Pajero Tr4/Daslu e Flash Gordon3 - saíram do Canal, os ventos pararam quase por completo. Após quatro horas de regata, os ventos voltaram a soprar forte, aumentando a chance de quebra do recorde deste percurso. Em 98, o ESPN cumpriu a competição em 9h34m.

Competitivade e técnica
Mais do que quantidade e a quebra do recorde de inscritos, a 29ª Semana de Vela é marcada pela competitividade dos barcos e pela qualidade técnica dos velejadores. “O evento cresceu em qualidade técnica e também no tamanho dos barcos”, comenta o vice-presidente da Federação de Vela do Estado de São Paulo, Carlos Eduardo Sodré. Segundo ele, os barcos estão muito maiores e, por consequência, mais rápídos. “Nós temos em uma única classe 13 barcos de 40 pés (13 metros), o que é inédito por aqui, e esse crescimento é uma tendência mundial”, garante ele.

A partir de 2003, quando a Semana de Vela de Ilhabela completa 30 anos, algumas regras poderão ser mudadas. “No futuro talvez a gente comece a pensar em um forma de limitar uma quantidade máxima de inscritos. Mas o importante é que o evento está crescendo a cada ano”, declara Carlos Eduardo.

Com um grande número de favoritos, nem mesmo os tripulantes quiseram arriscar um resultado para a regata Alcatrazes por Boreste. “Apesar de termos um bom potencial, nesse mar somos apenas mais um”, comenta o argentino Diego Figueroa, do veleiro Flash Gordon3, de 49 pés, grande favorito para ser o fita azul (aquele que cruza em primeiro) desta regata.

O veleiro Curupira do comandante Mark Essle, é o atual campeão de Alcatrazes, embora tenha ficado em segundo na Semana de Vela do ano passado, vencida pelo veleiro carioca Sorsa, comandado então pelos irmãos Grael, Torben e Lars.

A Semana de Vela de Ilhabela tem organização da D&S, com patrocínio de Mitsubishi Motors, com co-patrocínio da HSBC Premier e Semp Toshiba.

Fonte: ZDL – Assessoria de Imprensa

  
  

Publicado por em