Dupla de Juiz de Fora-MG venceu a Copa Troller Sudeste

Muita dedicação. Esta foi a estratégia da dupla mineira Carlos Gonçalves e Wagner de Paula para conquistar o título da Copa Troller Sudeste na categoria graduados. A prova aconteceu neste sábado e promoveu uma verdadeira festa em Ribeirão Preto, inter

  
  

Muita dedicação. Esta foi a estratégia da dupla mineira Carlos Gonçalves e Wagner de Paula para conquistar o título da Copa Troller Sudeste na categoria graduados.

A prova aconteceu neste sábado e promoveu uma
verdadeira festa em Ribeirão Preto, interior. Com 150 duplas inscritas, a prova teve cerca de 150 quilômetros de trilhas e grande diversidade de terreno, para agradar a pilotos e navegadores.

O dia começou com a largada promocional, na concessionária Trilha Vip, em direção ao Novo Shopping Center, de onde os carros largaram para um deslocamento até Serrana, cidade vizinha a Ribeirão Preto.

As dificuldades já começaram logo no início da trilha, no meio de um canavial. Foi preciso muita atenção dos navegadores para que os pilotos não se perdessem nas estradinhas da plantação.

“Em um raio de 500 metros, 15 carros andaram ao mesmo tempo no canavial e nenhum se encontrou. A prova estava difícil, mas todos os competidores que conversaram comigo depois adoraram o percurso, que tinha canavial, estrada de chão batido, areião e muitas lombadas”, conta Deco Muniz, diretor técnico da Copa Troller Sudeste.

A prova não foi fácil para a dupla campeã da graduados. Carlos e Wagner não passaram em um dos 26 postos de controle e, por isso, perderam mil pontos, o que chegou a preocupar os mineiros de Juiz de Fora.

“Na primeira parte da prova tivemos problemas para acertar o hodômetro, por causa da areia. Depois perdemos um posto de controle e chegamos a pensar que não conseguiríamos mais o título. Mas a dupla que nos ameaçava tinha que ficar até em quinto lugar para vencer, eles também tiveram problemas e por isso não nos alcançaram no acumulado de pontos”, explicou Carlos Gonçalves.

Para o navegador Wagner de Paula, a prova de Ribeirão foi uma das melhores do ano. Para ele, o objetivo da dupla só foi alcançado devido a muita dedicação desde a primeira etapa.

“A Troller está de parabéns. A Copa evoluiu muito e desde o início da temporada nos concentramos na meta de vencer o campeonato”, disse Wagner.

“Também atribuímos nossa vitória a experiência adquirida em Juiz de Fora, nas provas organizadas pelo nosso Jeep Clube, que são muito exigentes, tanto para o navegador, quanto para o piloto”, completou Wagner, que há nove anos participa de provas off road.

Na categoria Turismo, a vitória ficou com a dupla paulista Paulo Reis e Estevam de Carvalho. Os dois começaram a disputar a Copa Troller na segunda etapa, em Belo Horizonte, onde conquistaram o primeiro lugar e, desde então, decidiram participar do campeonato, como uma brincadeira. O bom entrosamento valeu a vitória também em Curitiba. O título geral veio com o quinto lugar na etapa de Ribeirão Preto.

“Essa sensação de vitória é muito boa. Adoro o Troller e toda essa galera que participa das provas. Meu navegador é o melhor e durante a prova só obedeço as ordens dele. Fomos mal nesta última etapa, mas rendemos o suficiente para vencer”, disse Paulo, muito emocionado.

No ano que vem a dupla competirá na categoria Graduados e o navegador avisa: “Não iremos para brincar. Desta vez vamos para competir mesmo e andar na cola dos mais experientes. Pretendemos dar muito trabalho”, ameaça Estevam, que é de Sertãozinho, cidade vizinha a Ribeirão Preto.

O casal Willem e Dóris Van Hees, que também começaram no off road só para brincar, foram os campeões logo em seu primeiro ano de Copa Troller. Eles já planejam pular direto para a graduados em 2005.

“Ainda tenho muito o que aprender na navegação. A prova de hoje foi difícil, mas com a ajuda do piloto conseguimos nos sair bem. No ano que vem o Willem já quer partir para a graduados, mas acho que ainda não estou preparada, mas se não tiver jeito, não vamos brigar por isso e vou fazer o máximo para aprender a utilizar os equipamentos de navegação”, disse Dóris.

Para os campeões da etapa, a prova também não foi nada fácil. Na graduados, o casal Marcelo Carqueijo e Roberlena Moraes venceu apesar dos problemas elétricos do carro. Na categoria turismo, o calor atrapalhou um pouco, mas a dupla Hafiz Farah e Marcelo Juliani, correndo juntos há dois anos, venceu os obstáculos e no ano que vem partem para a graduados.

Uma dupla de novatos conquistou o primeiro lugar na expedition. Esta foi a primeira prova da dupla Maurício Mei e Frederico Bornholdt, que adoraram a chuva que caiu na segunda parte da trilha.

Novidades para 2005

Na festa de encerramento da temporada da Copa Troller, realizada no Hotel JP, além da premiação para os campeões da etapa e do campeonato, Carlos Eduardo Meirelles, da Ipiranga, parceira da Troller desde 2002, anunciou algumas novidades para 2005.

A Troller resolveu voltar a investir em competições e, além da Copa Troller, que terá duas etapas de velocidade na próxima temporada, a fábrica lançou um jipe preparado para competição.

Quem adquirir o veículo leva junto todo o apoio e know-how da Troller, além de inscrição gratuita no Rally Internacional dos Sertões. Os participantes da Copa Troller também ganham, pois os 15 primeiros colocados das categorias graduados e turismo acumularão em todas as etapas, bônus em dinheiro, que no fim do ano, valerão como desconto para a compra do carro de competição.

“Este projeto é a realização de um sonho da Troller de voltar para as competições. A Ipiranga, que é nossa parceira desde 2002 sempre nos ajudou e colocou a Troller em suas ações de marketing, e agora nos ajuda a realizar este sonho.

Começamos com a Copa Troller, um rali de regularidade para incentivar os clientes a participarem de provas off road. Nosso próximo passo é criar uma categoria de velocidade, que é o curso natural dos competidores, que querem mais emoção.

A Copa Troller 2004 foi um sucesso. Tivemos 150 veículos nesta última etapa, clientes que compraram o carro na semana passada já estavam aqui participando e é essa nossa intenção”, disse Jaqueline Araripe, coordenadora da Copa Troller.

Classificação da sexta etapa

Graduados - 1º Marcelo Carqueijo/Roberlena Moraes, 24 pontos perdidos; 2º Antonio Sampaio/Anderson de Barros, 30 pp; 3º Fernando Gomes /Ugo Bubani, 34 pp; 4º Alfredo Turcatto/Camilo Turcatto, 34pp; 5º Rodrigo Junqueira/Weidner Moreira, 36pp.

Turismo - 1º Hafiz Farah/Marcelo Juliani, 81 pontos perdidos; 2º Rodrigo Formigari/Cristiane Formigari, 90 pp; 3º Luís Celso Campos/Douglas Cruz, 90 pp; 4º Marcelo Mancini/Marcos Lima, 120pp; 5º Paulo Reis/Estevam de Carvalho, 133pp.

Expedition - 1º Maurício Hantschick Mei/Frederico Bornholdt 44 pontos perdidos; 2º José Júlio/João Paulo, 118pp; 3º Luis Alberto/Rodneia Curi Casses, 133 pp; 4º Antonio Julio de Carvalho/Rogério Barros Pereira, 147pp; 5º Daniel Gabrielli/Daniel Castanho, 162pp.

Final do campeonato Sudeste

Graduados

1º Carlos Gonçalves / Wágner Antonio de Paula - 55 pontos

2º José Calixto / Lucas Magalhães - 53

3º Marcelo Carqueijo / Roberlena Moraes - 48

Turismo

1º Paulo Teófilo Reis / Estevam de Carvalho – 60 pontos

2º Giovanni Hostálacio / Ricardo José de Siqueira - 59

3º Luís Celso Campos / Douglas Cruz - 55

Expedition

1º Willem Van Hees / Dorimar Conceição (Doris) – 56 pontos

2º Bruno Zenaro / Cristiana Liberado - 42

3º Antonio Carvalho / Silvana Isgroi Carvalho - 27

A Copa Troller 2004 tem o patrocínio master da Ipiranga, Semp Toshiba, Goodyear e Tecmes/Catia, com co-patrocínio de MWM e apoio da Lubrizol do Brasil, Adventure Gears, Unicard (Sudeste), Hipercard (Nordeste) e Nova Schin. O apoio local é de Splash Beach.

Acompanhe os resultados da Copa Troller 2004 nos programas do Mundial de Rali, aos domingos e quintas-feiras pelo canal AXN.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em