Eldorado Adventure Congress reunirá 22 palestrantes na Adventure Fair

Corrida de aventura, exploração de cavernas, fotografia de natureza e expedições, cicloturismo, esportes de aventura para portadores de deficiência física, escaladas, ecoturismo e conscientização ecológica serão temas de apresentações de 22 aventureiros n

  
  

Corrida de aventura, exploração de cavernas, fotografia de natureza e expedições, cicloturismo, esportes de aventura para portadores de deficiência física, escaladas, ecoturismo e conscientização ecológica serão temas de apresentações de 22 aventureiros no Eldorado Adventure Congress, que acontece paralelamente à Adventure Fair 2003 (maior feira de ecoturismo e aventura do Hemisfério Sul), entre os dias 12 e 16 de novembro, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera, em São Paulo.

Neste ano, pessoas comuns que decidiram fazer aventuras pelo Brasil e pelo mundo contarão suas histórias nos cinco dias do evento, como o ex-empresário Roberto Pandiani e a professora e montanhista Helena Coelho, além de Izabel Borba, diretora comercial e gestora interina da unidade de rádio AM/FM da Eldorado, que falará sobre reciclagem de lixo.

Pandiani, que tem a aventura como profissão desde 1994, quando realizou seu primeiro projeto, o Entre Trópicos, participará do Eldorado Adventure Congress pela terceira vez consecutiva, contando como foi sua mais recente aventura, a Travessia do Drake. Ele faz as travessias a bordo de um veleiro Hobie Cat de 21 pés (catamarã sem cabine) e com o patrocínio da Semp Toshiba, desde o primeiro projeto.

“Quando fiquei sabendo da existência da Adventure Fair, visitei a feira e me identifiquei imediatamente. No ano seguinte, procurei a organização e ofereci as palestras sobre minhas viagens. Em 2001, falei sobre a Rota Austral, em 2002 sobre o Projeto Travessia do Drake e, neste ano, vou contar tudo o que aconteceu nesta travessia”, diz Beto Pandiani, 46 anos, que já está preparando a próxima aventura, programada para 2004/2005, entre Miami, Nova York e a Groelândia.

Para o aventureiro, a documentação fotográfica é essencial para a divulgação das expedições e, por isso, ele leva um fotógrafo profissional para fazer os registros. “A Adventure Fair é o evento de aventura mais importante do Brasil, que tem um público interessado e reúne as mais importantes empresas do setor. As pessoas adoram as histórias de grandes viagens, assim como as belas imagens que conseguimos fazer”, completa.

Escalar rochas e montanhas com gelo são os programas preferidos de Helena Coelho, professora de ensino fundamental em escolas públicas da periferia de São Paulo. Antes mesmo da formatura na faculdade, Helena começou a escalar montanhas. Estudava Ciências Sociais e queria continuar praticando esportes, o que sempre fez quando criança. Viu um cartaz na faculdade sobre um curso de montanhismo e resolveu encarar. Nunca mais parou.

Recém-aposentada, Helena foi convidada para trabalhar como guia de trekking para montanhas do exterior (Everest, Kilimanjaro e Aconcágua). No meio deste ano, a montanhista fez parte de equipe brasileira que participou do “reality show” do SBT “O conquistador do fim do mundo”. As suas experiências tanto nas montanhas quanto no programa serão os temas de sua palestra no Eldorado Adventure Congress.

“Já participei deste congresso como ouvinte e fiquei muito feliz com o convite para ser palestrante. A Adventure Fair é uma referência no Brasil e proporciona um grande encontro de todos os envolvidos com o segmento. É muito bom encontrar as pessoas, trocar idéias, saber das novidades”, diz Helena, que está se preparando para mais uma vez visitar o Everest e tentar escalar a montanha mais alta do mundo sem ajuda de carregadores de bagagem e sem cilindro de oxigênio.

Helena Coelho, Sandra Palma e Heloísa Schürmann serão as três palestrantes do tema “Mulheres que nunca desistem”. Sandra, analista de sistemas, falará sobre a expedição Kali Gandaki, viagem que fez com mais duas amigas para uma região isolada do Nepal. Já Heloísa, professora de inglês, abordará as viagens da família ao redor do mundo em um veleiro, assim como a educação dos três filhos durante as viagens.

Campanha sobre reciclagem

Conscientizar as pessoas sobre a coleta e a reciclagem de lixo é o principal objetivo do projeto “Pintou Limpeza”, implantado pela Rádio Eldorado há três anos. A iniciativa começou com patrocínio da Aster Petróleo e, por seis meses, foi divulgada nas rádios Eldorado AM/FM e nos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal da Tarde. Hoje, empresas como Alcon, Abividro, Tetra Pak, Prolata e Instituto Vega Ambiental aderiram espontaneamente à campanha.

“Já contamos com 11 pontos de entrega voluntária, que arrecadaram 400 toneladas de material reciclável, entre vidro, alumínio, aço, garrafas PET, papel e embalagens Tetra Pak. Todo o dinheiro arrecadado com a venda é doado para instituições ambientais e de programas sociais. De dezembro do ano passado até agora, o projeto já ganhou três prêmios de qualidade”, ressalta Izabel Borba.

Neste ano, 22 pessoas contarão suas histórias de aventuras pelo mundo. Boa parte desses palestrantes já têm seus relatos publicados em livro e darão autógrafos após as apresentações. O congresso nasceu junto com a Adventure Fair e também foi um sucesso em 2002, atraindo um público de 3.200 pessoas para as 39 apresentações.

Em 2003, as palestras acontecerão sempre na parte da tarde e serão abertas ao público. As inscrições já podem ser feitas e cada apresentação poderá ser assistida por R$ 10,00. As vagas são limitadas e, além de pagar pela palestra, é necessário comprar o ingresso para visitar a feira, que custa R$ 12,00 na bilheteria e R$ 10,00 antecipadamente pelo site oficial.

Os interessados também podem adquirir o Adventure Passport, que custa R$ 150,00 e dá direito à entrada livre na feira, assim como a todas as palestras do congresso.

A Adventure Fair 2003 é organizada pela Promotrade, com patrocínio da Fiat, co-patrocínio da Rádio Eldorado e da HP e apoio de Guaraná Kuat, ESPN Brasil, revista IstoÉ e Água Crystal.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em