Em casa, Valdenor dos Santos vence o Super 120k Brasília

O fundista Valdenor dos Santos não deu chances para seus adversários neste domingo, em Brasília. Liderando desde a largada, o atleta do Cruzeiro venceu o Super 10 K Brasília, penúltima etapa do Circuito Pão de Açúcar de Corrida, com o tempo de 29min34s. E

  
  

O fundista Valdenor dos Santos não deu chances para seus adversários neste domingo, em Brasília. Liderando desde a largada, o atleta do Cruzeiro venceu o Super 10 K Brasília, penúltima etapa do Circuito Pão de Açúcar de Corrida, com o tempo de 29min34s. Entre as mulheres, a vencedora foi Lucélia de Oliveira Peres (ABC-Sel-UPIS), com 34min39s.

Correndo em casa, Valdenor foi tão rápido que completou os 10 km (duas voltas em um percurso de 5 km montado no Parque da Cidade) na frente também dos atletas que competiram em dupla.

Na segunda volta, ele foi alcançado pelo corredor da dupla da Free Corner (Arnaldo Sales de Sá), que passou boa parte dos 5 km ao seu lado. Nos 300 m finais, porém, prevaleceu a experiência e Valdenor foi o primeiro a cruzar a linha de chegada.

O atleta do Cruzeiro é um dos principais fundistas do Brasil. Ele é dono da melhor marca brasileira em corridas de rua nos 5 km (13min30) e 15 km (42min41s00). Valdenor também participou da equipe brasileira no Mundial de Atenas/97.

No mesmo ano, foi terceiro colocado, por equipes, na Copa do Mundo de Maratona e ganhou, um ano depois, a Maratona de Brasília. Ele foi também vice-campeão da Volta da Pampulha em 2001.

Enquanto o vencedor entre os homens é um veterano, entre as mulheres foi uma novata. Lucélia de Oliveira Peres tem 23 anos, é pentacampeã brasileira juvenil de 5000 m e bicampeã brasileira de 10000 m.

`Foi uma boa prova e fiquei satisfeita com meu resultado. Estou treinando forte para a Volta da Pampulha (em novembro) e para a São Silvestre (dezembro). Essa prova serviu para mostrar que estou no caminho certo e que meu treinamento está fazendo efeito`, comemorou.

Outro destaque foi a presença da dupla de triatletas olímpicos Leandro Macedo (Pão de Açúcar), gaúcho radicado em Brasília, e Mariana Ohata (Pão de Açúcar / Brasil Telecom), brasiliense.

Os dois chegaram em sexto lugar na categoria duplas masculina, mas foram a primeira dupla mista a chegar.ao final (pelas regras da prova, as duplas mistas foram consideradas masculinas).

“É excelente ter uma prova dessa qualidade em Brasília, onde eu moro e onde faço meus treinos. Brasília não pode ficar fora deste circuito`, elogiou Leandro Macedo. Os dois foram os melhores brasileiros nos Jogos Olímpicos de Atenas, em agosto.

O Super 10 K Brasília foi um sucesso de público. A prova, disputada com tempo bom, com cerca de 32 graus de temperatura (e 30% de umidade relativa do ar), teve 1200 inscritos.

`Esse evento estava sendo muito esperado em Brasília e mostrou que só poderia ser o sucesso que foi. Temos certeza que será um sucesso ainda maior no ano que vem. Afinal, tem tudo a ver com a cidade, que respira o esporte. Aqui você passa nas ruas e parques e vê gente correndo, pedalando, caminhando.

O Pão de Açúcar Club acabou de fazer um ano aqui, com 80 participantes, e acredito que isso vai incentivar ainda mais o esporte`, disse Onofre Silva, diretor regional do Pão de Açúcar em na cidade.

A triatleta Mariana Ohata espera que a iniciativa ajude a aumentar o número de eventos esportivos na Capital Federal. `A iniciativa do Pão de Açúcar de realizar uma prova assim, aqui em Brasília e deste nível, acaba servindo de exemplo para outras grandes empresas`.

Terceiro colocado na prova masculina, Aniceto Antônio dos Santos é a prova que o Pão de Açúcar Club está cumprindo seu papel de incentivar a prática esportiva. Ele é funcionário da loja de Taguatinga, na qual é operador de Prevenção e Perdas. Ele treina no PA Club junto com outras 80 pessoas. Dessas, 45 participaram da prova.

Resultados:

Individual Masculino

1. Valdenor Pereira dos Santos (Cruzeiro) - 29min34s

2. Domingos Nonato da Silva (Cefac Maranata) - 30min17s

3. Ancieto Antonio dos Santos (Pão de Açúcar Club) - 32min44s

Individual Feminino

1. Lucélia de Oliveira Peres (ABC-Sel-UPIS) - 34min39s

2. Marizete Moreira dos Santos (Caso) - 36min06s

3. Maria Sandra Pereira Silva - 37min30s

Dupla Masculina

1. Laurent Migaire / Arnaldo Sales de Sá (Free Corner) - 29min38s

2. Edislon Vieira Silva / Anizio da Costa Tavares (Cordf) - 31min08s

3. José da Silva / Cezar Francisco da Silva (ABC Proem - AEUDF) - 31min21s

Dupla feminina

1. Maria de Fatima Fontene (Longão de Domingo) - 40min56s

2. Sonia Maria dos Santos / Adriana Kalil Borges - 53min51s

3. Nayra Adami / Rayana Lima (Meninas Superpoderosas) - 55min09s

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em