Fabricantes nacionais acreditam no crescimento do mercado de aventura

Assim como a Adventure Fair apresentou um crescimento importante nestes cinco anos de existência, os fabricantes nacionais de roupas e equipamentos para aventura também comemoram aumento nos seus faturamentos. Apesar da instabilidade econômica mundial

  
  

Assim como a Adventure Fair apresentou um crescimento importante nestes cinco anos de existência, os fabricantes nacionais de roupas e equipamentos para aventura também comemoram aumento nos seus faturamentos.

Apesar da instabilidade econômica mundial, com guerras, juros altos e recessão em vários setores, o segmento outdoor é um dos poucos que consegue manter-se competitivo, o que pode ser comprovado com empresários
do setor.

Em 2003, a Adventure Fair será realizada entre os dias 12 e 16 de novembro, no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera.

Segundo a Promotrade, organizadora do evento, a feira deve movimentar 15% mais que os R$ 55 milhões gerados do ano passado.

Presente na feira desde a segunda edição, a Serelepe / Kailash, fabricante de equipamentos para escalada, mochilas e roupas, é um bom exemplo disso, com
um crescimento de 30% desde novembro de 2002.

A empresa também fornece equipamentos de segurança para empresas dos setores elétrico e de telefonia e, nestes segmentos, as vendas caíram 35% no mesmo período.

`Este aumento no comércio de produtos outdoor deve-se ao lançamento da linha de roupas na Adventure Fair, que é o evento do setor e teve uma mudança qualitativa no ano passado, com a presença de mais lojistas`, diz
Roberto Eli, presidente da Serelepe/Kailash.

`Vamos lançar a linha Kailash Kids, pois quase ninguém está pensando neste nicho de mercado ainda. Os filhos de aventureiros muitas vezes têm que esperar para entrar na aventura, pois precisam crescer o suficiente para caber nas cadeirinhas, por exemplo`, completa.

Outra fabricante de mochilas e acessórios, a Curtlo, também tem boas notícias. A empresa completa 10 anos em 2003 e investirá 10% do faturamento em publicidade e promoções em pontos de venda. No ano passado, a Curtlo
teve um crescimento real de 40% e espera que em 2003 este número chegue na casa dos 45%.

Além da divulgação, outra estratégia para incrementar as vendas é a diminuição da margem de lucro e o aumento dos canais de distribuição.

`Acredito muito que o mercado de aventura vai crescer e as empresas têm que se preparar para enfrentar as adversidades, como aumento do dólar e juros altos. Neste segmento, quem construir vai crescer, mas quem quiser só se aproveitar, vai se dar mal`, diz Fernando de Oliveira, presidente da Curtlo, que lançará uma coleção de mochilas, com produtos para uso diário, além de linhas de roupas e tecidos na Adventure Fair 2003.

A Adventure Gears, mais uma marca de confecção do segmento outdoor, já garantiu presença na feira e promete mostrar novidades de sua coleção, que tem algumas peças desenvolvidas com a ajuda de atletas.

`A participação no ano passado foi muito boa, o mercado está crescendo e a feira é fundamental, é uma vitrine que abre as portas no Brasil e no exterior`, diz Johnny Dias, responsável pela logística da empresa.

Além destas empresas que já participaram da feira em anos anteriores, em 2003 a Adventure Fair conseguiu a atrair novos expositores e a Companhia Brasileira de Bicicletas (CBB) - Sundown Bike é mais uma empresa nacional que aposta no mercado de aventura.

Com produção 100% nacional, a CBB se interessou pela feira porque está lançando uma linha de bicicletas especializadas, que quer apresentar para o público e para os revendedores, além de fortalecer a marca.

`Vamos participar pela primeira vez da Adventure Fair pelo fato da feira ter um segmento de bikes muito forte. A marca Sundown Bike está ampliando sua atuação com o lançamento de uma linha de bicicletas especializadas de maior valor agregado, voltada a um público das classes A/B, numa variação de preços entre R$ 700 a R$ 1.500,00`, informou Antônio Carlos Romanoski, presidente da Companhia Brasileira de Bicicletas.

Outros setores

Um dos méritos da Adventure Fair, que mais uma vez ocupará os 21.500 m2 do Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, é reunir em um só espaço os diversos setores do mercado de aventura, como fabricantes de equipamentos e roupas para prática de esportes, operadoras de ecoturismo, montadoras de veículos e aventureiros que contarão suas conquistas no Eldorado Adventure Congress, além do Adventure Park, que reúne diversas atrações para o público.

A participação de destinos que descobriram o ecoturismo como uma alternativa financeira cresceu nesta edição da feira e 86 cidades, de nove estados, já confirmaram presença.

A Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo adquiriu uma área recorde, com 230 m2, que reunirá diversas cidades do interior paulista, além de outras 18 que garantiram o próprio espaço, como Analândia, Brotas, Caconde, Caraguatatuba, Ilhabela, Louveira, Ubatuba, Paranapiacaba, São Luiz de Paraitinga e São Sebastião .

Os estados da Bahia, Santa Catarina, Pernambuco e Paraíba novamente garantiram presença, já Paraná, Rio de Janeiro, Ceará e Maranhão são os estados que participam pela primeira vez da Adventure Fair, além de operadoras do Chile, Argentina e Venezuela.

Grandes sucesso de público, o Adventure Park ocupará um espaço maior que o de 2002. A partir do mezzanino da Bienal, será possível acompanhar a pista de off road, patrocinada pela Goodyear, Bardahl e Toyota, que oferecerá os carros para os visitantes testarem nos obstáculos da pista; o tanque de mergulho (com apoio da Citizen e da Água Crystal); a parede de escalada,apoiada pela Nestea; e a Verticália (circuito de arvorismo montado pela Alaya e com patrocínio da Goodyear), além de pistas de esqui e snowboard e da Orbit Ball (bola de PVC inflável de três metros de diâmetro na qual o
visitante fica preso dentro e desce por uma rampa).

Em 2002, as 39 palestras do Eldorado Adventure Congress reuniram 3.200 pessoas e, neste ano, 20 aventureiros contarão suas experiências em viagens e expedições.

Os principais temas serão corrida de aventura, cavernas, fotografia, cicloturismo, esportes de aventura para portadores de deficiência física e escaladas, entre outros.

Com apoio da Rádio Eldorado, o Adventure Congress reunirá personalidades das diversas modalidades, que contarão um pouco sobre seus projetos e conquistas, como o alpinista Waldemar Niclevicz, o escalador Eliseu
Frechou, a jornalista especializada Renata Falzoni, o velejador Roberto Pandiani e a família Goldschmidt, que viaja de motorhome pelas Américas.

A Adventure Fair 2003 é organizada pela Promotrade, com patrocínio da Fiat, co-patrocínio da Rádio Eldorado e apoio de Guaraná Kuat, ESPN Brasil, revista IstoÉ e Água Crystal.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em