Falta de ventos cancelou regatas da Pré-Olímpica de Atenas

As duas regatas da classe Laser previstas para a segunda-feira (25/8) na Pré-Olímpica de Atenas foram canceladas devido à falta de ventos na região de Agios Kosmas, próxima ao porto de Pireus. Com isso, o hexacampeão mundial e tricampeão pan-americano Rob

  
  

As duas regatas da classe Laser previstas para a segunda-feira (25/8) na Pré-Olímpica de Atenas foram canceladas devido à falta de ventos na região de Agios Kosmas, próxima ao porto de Pireus. Com isso, o hexacampeão mundial e tricampeão pan-americano Robert Scheidt permanece na liderança do campeonato, com 11 pontos perdidos (já com descarte).

Até o momento, Scheidt, que é patrocinado pelo Banco do Brasil, Bingo Augusta, Varig e Volvo Car Brasil e integra a Equipe Petrobras de Vela, acumula duas vitórias, um segundo, um terceiro e um quarto lugares, além da 15ª colocação obtida na primeira regata do campeonato e que está sendo descartada. Se a programação inicial for mantida, ainda serão disputadas mais cinco regatas.

Além do bom desempenho em Atenas, Robert Scheidt está sendo beneficiado pelos maus resultados de seus principais adversários. Campeão da Pré-Olímpica no ano passado, o sueco Daniel Birgmark assumiu a liderança do
campeonato logo no primeiro dia de competição, mas caiu de produção e ocupa agora o quarto lugar, com 31 pontos perdidos (uma vitória, um segundo, dois oitavos e dois 12º lugares).

Já o líder do ranking da Federação Internacional de Vela (ISAF), o inglês Paul Goodison, não está fazendo um bom campeonato e ocupa atualmente a 17ª colocação, com 74 pontos perdidos e apenas um sexto lugar como melhor colocação até o momento.

A vice-liderança da Pré-Olímpica é do croata Mate Arapov, com 25 pontos perdidos. O austríaco Andreas Geritzer está em terceiro, com 30 pontos perdidos.

A Pré-Olímpica de Atenas é a nona competição de Robert Scheidt na classe Laser em 2003 e também o último treino antes do Campeonato Mundial, que acontece em Cadiz, na Espanha, em setembro, quando o brasileiro vai tentar
o heptacampeonato.

Medalha de ouro na Olimpíada de Atlanta/96 e de prata em Sydney/2000, Scheidt conquistou no último dia 9, em Santo Domingo, a terceira medalha de ouro pan-americana da carreira, repetindo os feitos de Mar del Plata/95 e Winnipeg/99.

Atual segundo colocado do ranking da ISAF, Scheidt tem no currículo a incrível marca de 99 títulos. Neste ano, o brasileiro já conquistou os títulos paulista, brasileiro, da Semana Pré-Pan-Americana, em Porto Alegre,
da Semana de Spa (Holanda) e do Pan-Americano de Santo Domingo.

Ele foi ainda vice-campeão da Semana de Kiel, na Alemanha, quarto da Europa Cup, na Holanda, e sétimo na Semana Olímpica de Hyères, na França.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em