Fernanda Keller chega aos 40 anos no ápice da carreira

O triatlo brasileiro está em festa. A fluminense Fernanda Keller, indiscutivelmente o maior nome do esporte em todos os tempos, completou 40 anos no sábado (dia 4/10). Em plena forma física, ela continua com o fôlego do início de carreira e está pron

  
  

O triatlo brasileiro está em festa. A fluminense Fernanda Keller, indiscutivelmente o maior nome do esporte em todos os tempos, completou 40 anos no sábado (dia 4/10).

Em plena forma física, ela continua com o fôlego do início de carreira e está pronta para disputar, pela 17a. vez consecutiva, o Ironman do Havaí.

A mais tradicional e difícil disputa do gênero está marcada para o dia 18/10 na ilha de Kona, com 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida, completando sua 25ª edição. Longe de pensar em parar, Fernanda (Pão de Açúcar/Nike/Oi) diz estar se sentindo bem e tem muito ainda a fazer pelo triatlo.

“Muita gente me pergunta quando vou largar o esporte e eu mesma não sei a resposta. Chego aos 40 anos me sentindo em plena forma e consciente de que tenho muito ainda a fazer. Isso me deixa muito orgulhosa, pois competir com as melhores do mundo nessa idade é para poucos”, destaca a triatleta, que está há 22 anos na modalidade.

O orgulho não é à toa. Afinal, Fernanda faz parte da elite na prova, tendo garantido a presença na disputa sem precisar buscar vaga nas seletivas ao longo do ano. A única classificatória realizada na América Latina é oIronman Brasil Telecom, em maio, em Florianópolis, que selecionou outros 11 atletas nacionais nas categorias de faixa etária.

Essa condição é fruto dos excelentes resultados alcançados, mas ela ressalta a importância de fazer o que gosta. “Faço o que gosto e sinto alegria com isso. Minha carreira sempre foi levada a sério, sem se importar com as dificuldades da rotina de treinamentos e a competições. Isso também ajuda sensivelmente no fato de estar tanto tempo entre as melhores”, explica.

Sua excelência é confirmada pelo ótimo retrospecto na competição. A recordista sul-americana na disputa, com 9h24min30seg, obtida em 99, já competiu 16 vezes no Havaí, conseguindo nada menos do que seis medalhas de bronze - 1994/95/97/98/99/2000.

No ano passado, ela ganhou o título de ‘miss consistência’ da revista especializada Triathlete, dos EUA. “A série de bons resultados desde 92 acabou motivando o prêmio. O que me deixa ainda mais feliz é que fui eleita por jornalistas”, diz.

A dedicação ao esporte não se restringe somente à participação em eventos esportivos. Fernanda Keller ainda encontra tempo para se dedicar a trabalhos sociais, coordenando um instituto em Niterói(RJ),que leva seu nome, e já conta com mais de 700 crianças carentes praticando o triatlo.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em