Gatorade Triathlon é a prova mais díficil do País, afirma Ana Boccanera

Ana Cristina Boccanera acredita que a terceira etapa do 13º Gatorade Triathlon Troféu Brasil`2003, a ser realizada no próximo domingo (10 de agosto) em Nova Lima, na Grande Belo Horizonte, Minas Gerais, será a mais difícil da temporada. Ao contrário d

  
  

Ana Cristina Boccanera acredita que a terceira etapa do 13º Gatorade Triathlon Troféu Brasil`2003, a ser realizada no próximo domingo (10 de agosto) em Nova Lima, na Grande Belo Horizonte, Minas Gerais, será a mais difícil da temporada.

Ao contrário das provas de Santos e Niterói, onde os atletas nadaram no mar, em Minas Gerais a disputa será em uma lagoa. As maiores preocupações dos atletas são a água fria e a altitude de 745 metros da cidade vizinha da capital mineira.

A etapa será a primeira e única acima do nível do mar. A largada para os profissionais será às 9h30 em Alphaville Lagoa dos Ingleses.

“Sem dúvida, é a prova mais trabalhosa do calendário nacional. As subidas e as descidas, nos percursos de ciclismo e corrida, são muito desgastantes. Na natação a água é supergelada, provavelmente, terei de usar a roupa de borracha, que é incômoda.

Além disso, a densidade da água salgada é diferente da doce e também faz o esforço aumentar. Mas você não pode deixar o cansaço vencer, no ano passado eu acabei a prova detonada`, disse a terceira colocada da prova em 2002.

Boccanera viaja de carro do Rio de Janeiro, onde mora, para Nova Lima na sexta-feira à noite. Outra dificuldade da triatleta de 28 anos, que tem apoio da All Track Bicicles, é a falta de patrocínio.

`Eu tiro o dinheiro do meu bolso para competir. É complicado para todo atleta sobreviver aqui no Brasil. O esporte está mais profissional do que quando eu iniciei. Não dá para estar entre os primeiros sem se dedicar integralmente ao triatlo`.

A prova terá as distâncias olímpicas de 1,5 quilômetro de natação, 40 mil metros de ciclismo e 10 km de corrida para os profissionais. Apesar dos problemas, a triatleta acredita estar entre as favoritas ao lugar mais alto do pódio da terceira etapa do Troféu Brasil.

`Gisele Bertucci, Clarissa Kimi Mine, Fernanda Garcia e eu somos as favoritas. Estou muito bem preparada e sei que posso fazer bonito em Minas Gerais`, disse.

Ana Boccanera começou a carreira há 12 anos. Ela treina quatro horas por dia e faz, em média, 26 km de natação, 90 mil metros de corrida e 270 quilômetros de ciclismo por semana.

`Eu praticava natação e participava de campeonatos como amadora. Assisti uma prova de triatlo pela televisão e me apaixonei. O meu namorado me apresentou a alguns atletas e técnicos que ele conhecia e não parei mais. Se Deus quiser vou continuar no triatlo a minha vida toda`, disse.

A largada dos amadores, que percorrerão distâncias menores do que os profissionais - 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida, será às 8 horas,em Alphaville Lagoa dos Ingleses.

Classificação do Profissional Feminino:
1) Gisele Bertucci, 240,75
2) Rita Correia, 210,25
3) Taísa Gentina, 197,75
4) Vanessa Cabrini, 181,75
5) Alessandra Silvestre, 180,75
6) Fernanda Garcia, 176,25
7) Mirian Yoko Mine, 169,25
8) Carla Moreno, 152,25
9) Fernanda Keller, 124,75
10) Sandra Soldan,121

Classificação do Profissional Masculino:
1) Oscar Galindez, 272,25
2) Ezequiel Morales, 222,75
Santiago Ascenço, 222,75
4) Marcus Ornellas, 213,25
5) Fred Monteiro, 203,25
6) Thiago Machado dos Santos, 188,75
7) Rafael Moreno, 176,25
8) Tarcisio de Jesus Machado Jr., 168,5
9) Sergio Bunioto, 166,75
10) Diogo Sclebin, 160,75

O 13º Gatorade Triathlon Troféu Brasil distribui em cada etapa R$ 10 mil em prêmios para os profissionais.

Mais informações podem ser conseguidas no site , onde também podem ser feitas as inscrições para a mais tradicional competição da modalidade no Brasil. Até sábado, dia 9 de agosto, amadores pagam R$ 125, profissionais R$ 155; elite amador R$ 155, revezamento R$ 190 e executivo R$ 450.

As duas últimas etapas do Troféu Brasil de Triathlon’2003 serão em Santos, nos dias 14 de setembro e 23 de novembro.

O Troféu Brasil de Triathlon’2003 tem patrocínio de Gatorade. Apoios: Timex, Powerbar, AIB, Governo do Estado de Minas Gerais e Prefeitura de Belo Horizonte. Colaborações: Caesar Business, Fundação Dom Cabral, Alphaville, Prefeitura de Nova Lima, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Tevê oficial: SporTV. Realização: NA Promoções.

Fonte: Local da Comunicação

  
  

Publicado por em