Ironman Brasil Telecom 2004 deve gerar um impacto econômico de R$10 milhões

O Ironman Brasil Telecom 2004 deve gerar um impacto econômico de R$ 10 milhões em Florianópolis, somente com os turistas de fora do estado de Santa Catarina, de acordo com os organizadores da prova. Este número, segundo o diretor do evento, Carlos Gal

  
  

O Ironman Brasil Telecom 2004 deve gerar um impacto econômico de R$ 10 milhões em Florianópolis, somente com os turistas de fora do estado de Santa Catarina, de acordo com os organizadores da prova.

Este número, segundo o diretor do evento, Carlos Galvão, da Latin Sports, empresa de marketing esportivo que detém os direitos da marca Ironman para a América Latina, é 50% maior que o verificado na semana da prova do ano passado, que apresentou R$ 6,5 milhões.

“Nossa previsão é baseada nos números da prova deste ano até agora. Com mais de três meses para o término das inscrições, o Ironman Brasil Telecom 2004 tem tudo para superar a marca de 790 inscritos no ano passado”, informou Galvão.

“Já estão confirmados nada menos que 540 competidores de 35 países, o que demonstra a força e o crescimento do evento no cenário internacional”.

Os interessados em disputar o evento têm até o dia 29 de abril para garantir presença.

Na manhã de ontem, começou a funcionar na capital catarinense o Comitê Central Organizador (CCO) do Ironman Brasil Telecom. Foram apresentados também os 40 supervisores e coordenadores que estarão trabalhando para que o evento possa repetir o sucesso das edições anteriores.

O Ironman Brasil 2004 é a maior prova do gênero no país e única seletiva da América Latina para o Mundial Ironman do Havaí. O evento acontece no dia 29 de maio, distribuindo 50 mil dólares de prêmio e 50 vagas para a final do circuito mundial.

“Com o CCO, agilizaremos a organização do evento e fomentaremos a marca e a imagem do Ironman junto à população da capital catarinense. Queremos que o CCO seja a ferramenta de integração dos habitantes da cidade e de geração de negócios com o setor produtivo do município.E agora estamos colocando em prática essa idéia”, explicou Carlos Galvão.

Estarão compondo o organograma do evento os supervisores de natação, ciclismo, corrida,arbitragem, chegada, transição, tenda/troca, entrega de kits e cerimonial e os coordenadores respectivos para cada área. São essas pessoas da cidade de Florianópolis que estarão trabalhando diretamente no CCO e montando e treinando seus grupos de voluntários, o que deve totalizar cerca de 200 pessoas.

O escritório na capital catarinense também recebeu um caderno de obrigações do Ironman Brasil Telecom 2004, uma das novidades da prova. Trata-se de bíblia da competição, com todos itens normativos, operacionais e logísticos da prova.

“Poucos eventos no mundo realizam esse trabalho,que vai facilitar na montagem e funcionamento de cada detalhe da prova. Do tamanho da mesa na área de transição às medidas dos patrocínios nas roupas do atletas. Estamos investindo também na formação de um staff profissional já em 2005”, explica Galvão.

O CCO também já tem seu espaço físico, localizado à avenida Hercílio Luz, 626, 5º andar, Centro, em Florianópolis, telefones (48) 224-9976/333-3098 ou por e-mail.

Novos percursos

A disputa deste ano traz algumas novidades em relação à de 2003. A sede do evento passa a ser o Clube Doze de Agosto, em Jurerê, local onde será montada a área de transição, chegada e largada.

O percurso permanece com 3,8 quilômetros de natação, 180 quilômetros de ciclismo e 42,1quilômetros de corrida.

A natação será disputada em frente ao Clube 12, e agora em duas voltas de 1.900 metros. Os 180 quilômetros de ciclismo serão feitos em duas voltas de 90 quilômetros cada, com ponto de largada na avenida Búzios.

Há apenas três trechos com subidas, que os atletas percorrerão na ida e na volta. A novidade é o menor número de interseções, aumentando a segurança dos atletas e garantindo conforto para o morador de Florianópolis.

Os 42.195 metros da corrida são certificados pela Associação Internacional das Federações de Atletismo(IAAF) e Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Rua (AIMS) e acompanham toda a orla marítima, iniciando-se ainda na área de transição no Clube 12. Seguem a mesma filosofia do ciclismo, proporcionando segurança e tranqüilidade para atletas e moradores.

Informações sobre prazos, forma e condições de pagamento podem ser obtidas no site oficial:

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em