Jeepraia teve muito sol e caça ao tesouro nas belas praias de Ilhabela-SP

Foi um sucesso o Jeepraia, passeio organizado pelo Jeep Clube do Brasil e pela Mesa Quatro Comunicações, que aconteceu entre a capital paulista e Ilhabela, no litoral norte. O fim de semana foi de muito sol e diversão nas praias da capital nacional da vel

  
  

Foi um sucesso o Jeepraia, passeio organizado pelo Jeep Clube do Brasil e pela Mesa Quatro Comunicações, que aconteceu entre a capital paulista e Ilhabela, no litoral norte. O fim de semana foi de muito sol e diversão nas praias da capital nacional da vela.

A caravana foi formada por 75 veículos e cerca de 180 pessoas, que se divertiram bastante na gincana Caça ao Tesouro.

A saída dos veículos aconteceu às 9h30, no km 29 da Rodovia Ayrton Senna.Como estava previsto, os participantes chegaram na balsa, em São Sebastião, por volta do meio-dia. A parte da tarde foi livre e muitos
aproveitaram para tomar sol nas belas praias da ilha.

À noite, o tão esperado luau aconteceu no quiosque do Hotel Pelicano, na praia do Perequê, com muitas frutas, música e sorteio de produtos da grife Jeep Clube do Brasil.

No domingo de manhã, os participantes dividiram-se em equipes para decifrar os enigmas em busca do `tesouro` escondido nas areias da praia de Jabaquara, que fica cerca de 25 quilômetros distante da praia do Perequê,de onde partiram os caçadores de tesouros.

A única trilha que os jipeiros tiveram que enfrentar foi a que levava à praia de Jabaquara, mas não ofereceu muita dificuldade.

Na largada, as equipes receberam um enigma, que depois de decifrado, levava a um outro local da ilha, onde encontravam mais uma dica. Foram cinco pistas até a chegada na praia de Jabaquara, em que os participantes
tinham que encontrar pequenas estatuetas enterradas na areia. Ganhava a gincana a primeira equipe que encontrasse uma estatueta dourada e havia três destas, além de mais três prateadas.

A equipe Oreia, formada por dois casais paulistas foi a primeira a encontrar uma das estatuetas douradas. Denise e Pedro Cardoso junto com Adriana e Wagner Oliveira resolveram as charadas em apenas 29 minutos.

“Adoramos o passeio e principalmente a gincana, que estimulou o trabalho em equipe. Quando pegávamos as pistas, um lia para todos, fazíamos uma discussão rápida e logo saíamos em busca do local.

O jogo foi bem dinâmico,as pessoas são muito amigáveis”, diz Denise Cardoso que, junto com o marido, sempre participa dos eventos organizados pelo Jeep Clube do Brasil.

A Piratas da Ilhabela foi a segunda equipe a encontrar uma das estatuetas douradas. Eduardo Bolognani, piloto da picape Toyota Tacoma, levou a filha Tatiana junto com o namorado Fernando Barrachi, mais a sobrinha Débora Cavalcante para a caça ao tesouro.

A equipe estava caracterizada com lenço de pirata na cabeça e não esqueceram nem do mascote papagaio de pirata, este de madeira, que era transportado no ombro de um dos integrantes e se chamava Tonico.

“Sempre participamos de eventos de clubes de jipe. O passeio foi muito legal, nunca tínhamos participado deste tipo de atividade. Foi bom porque não tinha só trilha, não precisamos ficar o dia inteiro dentro do carro e aproveitamos bastante, pois o lugar é muito bonito e o sol ajudou”, explica Eduardo Bolognani.

Após a gincana, os participantes que encontraram as estatuetas douradas receberam troféus e kits da Goodyear, uma das patrocinadoras do Jeepraia. Os que encontraram as prateadas também levaram os kits.

O Jeepraia foi organizado pelo Jeep Clube do Brasil e pela Mesa Quatro Comunicações, com patrocínio de Goodyear e Bardahl.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em

Maelissa Oliveitra

Maelissa Oliveitra

26/09/2008 18:05:11
Olá, eu gostei muito e acho que deviam colocar mais dessas coisas na Internet.