Maresias será palco do primeiro Circuito Ecológico Speedo de Aventura

Correr, pedalar, pular no rio,subir montanhas e cair no mar. É com esse espírito, que mistura esporte de aventura com consciência ecológica, que a Speedo, uma das empresas que mais patrocina o esporte no País, leva à Maresias, litoral norte de São Paulo,

  
  

Correr, pedalar, pular no rio,subir montanhas e cair no mar. É com esse espírito, que mistura esporte de aventura com consciência ecológica, que a Speedo, uma das empresas que mais patrocina o esporte no País, leva à Maresias, litoral norte de São Paulo, o Primeiro Circuito Ecológico Speedo de Aventura.

De 28 de maio a 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, mais de 150 pessoas, entre atletas profissionais e amadores, devem percorrer, diariamente, um trajeto que integra pelo menos sete esportes radicais, entre escalada, biker, canoagem, trekking, rapel, tirolesa e remada havaiana.

O evento vai chamar a atenção da sociedade para a questão ambiental, difundindo a idéia de que a natureza pode ser utilizada, de forma conciliadora, pelos amantes do esporte de aventura.As atividades foram feitas, assim, para um público que vai dos 10 aos 60 anos de idade, sendo que os dois primeiros dias de atividades estão reservados, exclusivamente, para adolescentes de escolas estaduais e municipais da região.

Dividido em sete modalidades, o trajeto tem início na Avenida Francisco Loup, 740, onde estarão instalados o QG central e uma parede de sete metros de altura por três metros de largura para escalada.

A partir desse ponto, serão cinco quilômetros de muito suor que começa com uma corrida até o posto de transição 1 (PT1), no mesmo local onde está um dos centros de saúde da cidade e onde se inicia a segunda etapa do circuito, agora com bicicletas. Para cada fase é feito um intervalo de 15 minutos, para que a pessoa descanse e leia os painéis que contêm informações sobre o meio-ambiente.

A terceira parte é na água. No PT3, o participante vai de caiaque pelo Rio da Barra até a próxima base (PT4),quando recebe orientações para fazer uma escalada e descer o Saco da Banana com a ajuda das técnicas
do rapel (PT5).

Nesse ponto, o atleta passa à tirolesa (técnica que transporta a pessoa de um ponto a outro usando cordas de aço e que termina com queda na água) para chegar à última etapa da maratona, quando é realizada também a última prova, de remada havaiana (com utilização de long boards) no mar.

O custo para participar do Primeiro Circuito Ecológico Speedo de Aventura é de R$ 30,00, incluindo todos os recursos que devem ser utilizados para o cumprimento das provas, da bicicleta ao caiaque, do equipamento de segurança aos long boards.

No final do trajeto, o participante recebe um questionário com vinte perguntas sobre ecologia. Se responder pelo menos 70% das questões e tiver cumprido todas as provas é
condecorado com uma medalha de participação.

O Primeiro Circuito Ecológico Speedo de Aventura será monitorado por 18 profissionais, com acompanhamento da guarda ambiental, polícia civil, corpo de bombeiros e ambulância, com médico e enfermeiro de plantão. Cada saída será formada por um grupo de três pessoas.

Para quem quiser competir, em nível profissional, os critérios para julgamento são melhor tempo e maior número de respostas certas do questionário. O tempo médio do percurso é de 1 hora e 10 minutos.

Maresias fica a 182 quilômetros da capital paulista, no litoral norte do Estado, onde se concentra cerca de 70% da Mata Atlântica do País. Possui um complexo turístico que agrega belas praias com infra-estrutura de pousadas espalhadas por toda a região. Para quem for participar do Primeiro Circuito Ecológico Speedo de Aventura, há opções de preços especiais de hospedagem em pousadas por R$ 30,00 a diária.

Fonte: FirstCom Comunicação

  
  

Publicado por em